Monthly Archives: janeiro, 2018

Às vésperas do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para quarta-feira 24/01, perante o Tribunal Regional Federal 4, o Deputado Estadual Zé Inácio tem sido uma das lideranças políticas do Partido dos Trabalhadores (PT) mais atuante no Maranhão em defesa do direito de Lula ser candidato.

Uma das iniciativas do parlamentar que mobilizou e reuniu diversas siglas partid√°rias foi o lan√ßamento oficial da primeira ‚ÄúFrente Parlamentar em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato‚ÄĚ instalada no pa√≠s, na Assembleia Legislativa, que j√° culminou √† ades√£o de seis parlamentares estaduais, incluindo o Presidente da Assembleia Legislativa do Maranh√£o, Deputado Othelino Neto.

Z√© In√°cio tamb√©m estar√° presente em Porto Alegre (RS), para acompanhar e participar dos movimentos da milit√Ęncia em defesa
Lula. ‚ÄúA democracia j√° levou um duro golpe com impeachment da presidenta Dilma, e agora um golpe do judici√°rio por falta de provas contra Lula. O que est√° em jogo √© a democracia do Brasil e temos a convic√ß√£o de que se for um julgamento imparcial, ele ser√° absolvido‚ÄĚ, disse Z√© In√°cio.

Em S√£o Lu√≠s, ter√ßa-feira, ser√° realizada panfletagem na Avenida Beira Mar, com a milit√Ęncia, em seguida √†s 19h, ser√° realizado um debate jur√≠dico sobre a ‚ÄúJudicializa√ß√£o da Pol√≠tica‚ÄĚ, seguido de vig√≠lia na sede do PT, no Cohafuma, √†s 19h.

E no dia do julgamento, militantes dos movimentos sociais, sindicais e partidos políticos, estarão concentrados a partir das 10h, em frente à Justiça Federal, para acompanhar o julgamento e realizar um Ato Político.

Titulo de cidad√£, reuni√Ķes e inaugura√ß√£o de diret√≥rios marcaram a semana de Maura Jorge pelo Maranh√£o.

Inauguração do diretório do Podemos em Capinzal do Norte. 198 já foram implantados no Maranhão

Reuni√Ķes e entrevistas em Lago da Pedra, Titulo de cidad√£ honor√°ria de Po√ß√£o de Pedras, visitas a Pedreiras e Bernardo do Mearim e Inaugura√ß√£o de diret√≥rio partid√°rio em Capinzal do Norte definiram a movimenta√ß√£o semanal de Maura Jorge em pr√©-campanha para governadora do estado. Maura Jorge segue estruturando sua pr√©-candidatura a governadora do Maranh√£o. Suas constantes movimenta√ß√Ķes provam seu foco e determina√ß√£o no pleito.

No √ļltimo fim de semana, Maura Jorge sentou pra√ßa em sua regi√£o, o M√©dio-Mearim. Com forte apelo popular, a ex-deputada deve liderar a corrida eleitoral naquela regi√£o, o que preocupa seus opositores.

Vereadores de Poção de Pedras prestigiam Maura Jorge com entrega de título de cidadã Poção-Pedrense

Embora muitos prefeitos estejam amarrados ao governador, chantageados pela promessa de liberação de emendas, nenhum ousa contestar a força de Maura junto a seus munícipes.
A exemplo do prefeito de Po√ß√£o de Pedras, J√ļnior Cascaria, que esteve presente em sess√£o solene, onde a c√Ęmara municipal entregou a Maura Jorge, t√≠tulo de cidad√£ Po√ß√£o-Pedrense, em reconhecimento ao trabalho da pr√©-candidata ao governo, prestado no munic√≠pio enquanto deputada estadual.

Maura Jorge se fez presente, ainda, em reuni√Ķes nas cidades de Pedreiras e Bernardo do Mearim, al√©m de Capinzal do Norte, onde inaugurou o 181¬ļ diret√≥rio municipal do seu partido, o Podemos.

Em Lago da Pedra, sua casa, a ex-prefeita realizou reuni√Ķes com seu grupo pol√≠tico e concedeu entrevistas a emissoras de r√°dio e TV. Movimenta√ß√Ķes estrat√©gicas que consolidam sua pr√©-candidatura e atestam o foco e a determina√ß√£o de Maura Jorge em ser governadora do Maranh√£o. (Blog do Marco D√©√ßa)

Governistas continuam errando, oposicionistas aproveitando. 

Em três anos de governo Flávio Dino nutriu um personalismo forte, exacerbado, antipatizado. Onde foi parar a imagem de um líder simpático, querido, popular?

Bem pior que gastar milh√Ķes para construir uma boa imagem, √© n√£o querer ver que apenas os cr√≠ticos sabem apontar os erros. Apontar erros, criticar √© f√°cil. Dif√≠cil mesmo √© reconhecer e aceitar que est√£o errando e municiando inimigos, que ali√°s, deixaram de ser antipatizados.

Fl√°vio Dino tem errado. Errar ¬ī√© humano, mas permanecer no mesmo erro √© burrice. O pior de tudo que deixando rastros, basta ver no D.O.

Se apontar erros é fácil, cabe ao líder do comunismo maranhenses aceitar com humildade e tentar reverter a situação em seu favor, que nem tudo é construído com muito dinheiro.

Fiquem abaixo com o trecho do Jornal O EMA, retirado do Blog do Jorge Arag√£o:

Compromisso zero com os fatos:

Jos√© Guimar√£es, o deputado petista do caso dos d√≥lares na cueca, postou em seu Twitter uma foto que disse ser das ‚Äúcaravanas‚ÄĚ pr√≥-Lula no caminho para Porto Alegre.

A imagem, explica o Estad√£o, √© de um comboio de sacoleiros na fronteira entre Brasil e Paraguai ‚Äďe j√° fora usada em 2017, com a informa√ß√£o fake de que era uma caravana de lulistas para Curitiba para dar apoio ao chefe da Orcrim durante o seu depoimento a S√©rgio Moro.

Questionado pelo jornal paulista, Guimar√£es afirmou que era ‚Äúuma foto do pessoal de Porto Alegre‚ÄĚ. Depois, sua assessoria reconheceu que a imagem era fake e a retirou do ar. (O Antagonista)

‚ÄúS√£o 4 anos incentivando o esporte no Maranh√£o. Desde o in√≠cio do nosso mandato temos, com recursos pr√≥prios, apoiado projetos que visam o fortalecimento social‚ÄĚ, disse J√ļnior Verde

Cajari (MA) ‚Äď Com atua√ß√£o destacada no incentivo ao esporte em todo o Maranh√£o, o deputado estadual J√ļnior Verde (PRB-MA) prestigiou, no √ļltimo final de semana, a final da Ta√ßa Mangueir√£o, evento esportivo realizado em Cajari, e que √© refer√™ncia na regi√£o. O campeonato tem crescido em n√ļmero de participantes e p√ļblico, e conta com o apoio do parlamentar todos os anos desde o in√≠cio do mandato.

‚ÄúS√£o 4 anos incentivando o esporte no Maranh√£o. Desde o in√≠cio do nosso mandato temos, com recursos pr√≥prios, apoiado projetos que visam o fortalecimento social. Em Cajari, participamos da final desse importante campeonato tanto para o munic√≠pio quanto para a regi√£o. Quero agradecer ao amigo Wallace pela organiza√ß√£o e o sucesso dessa grade iniciativa e tamb√©m o apoio da prefeita Camila‚ÄĚ, destacou o republicano. Para o deputado do PRB, ‚Äúo esporte n√£o s√≥ √© sin√īnimo de sa√ļde, mas uma oportunidade de intera√ß√£o social e valoriza√ß√£o da cidadania‚ÄĚ.

O evento contou com a participação de atletas de outros municípios e serviu de incentivo para que jovens jogassem futebol. A final foi bastante prestigiada pela população local.

J√ļnior Verde j√° apoiou a realiza√ß√£o de diversos eventos esportivos em v√°rios munic√≠pios como Chapadinha, Senador Alexandre Costa, Turia√ßu, Z√© Doca, Bela Vista e S√£o Francisco do Brej√£o. ‚ÄúS√£o eventos que mobilizam toda a regi√£o e atraem jovens e adultos em torno da pr√°tica esportiva. Uma das nossas prioridades √© o incentivo ao Esporte, e em 2018 continuaremos a contribuir para que mais cidades maranhenses tenham condi√ß√Ķes de realizar eventos como esse‚ÄĚ, garantiu. (Texto e foto: Ascom ‚Äď deputado estadual J√ļnior Verde)

Durante o √ļltimo final de semana, o deputado estadual Wellington do Curso se reuniu com v√°rios professores para discutir sobre a libera√ß√£o dos recursos referentes a precat√≥rios do FUNDEF. O encontro, que ocorreu por meio de uma audi√™ncia, foi uma iniciativa da Associa√ß√£o dos Servidores P√ļblicos Municipais de Carolina e contou com a presen√ßa dos presidentes das federa√ß√Ķes sindicais, Procurador do Munic√≠pio, professores e a classe educacional.

Na ocasi√£o, professores falaram da necessidade de se investir os 60% do Fundo na categoria e o deputado Wellington destacou a import√Ęncia de se valorizar o professor enquanto profissional.

‚ÄúN√£o se pode querer que a educa√ß√£o de um munic√≠pio avance enquanto o professor n√£o for reconhecido e valorizado como deve. Esse reconhecimento passa, obviamente, pela quest√£o salarial. Sabemos sim que haver√° a libera√ß√£o de milh√Ķes para a educa√ß√£o e contamos agora com o cumprimento para que tal valor seja investido tamb√©m na valoriza√ß√£o daqueles que trabalham com o bem mais precioso que o homem pode ter: o conhecimento‚ÄĚ, afirmou Wellington.

Ao final da audi√™ncia, o procurador do munic√≠pio de garantiu garantiu que todo o 60% do FUNDEF seja investido nos professores da rede p√ļblica de ensino.

Sem asfalto, sem sinaliza√ß√Ķes, √īnibus prec√°rios caindo aos peda√ßos pelas ruas de S√£o Lu√≠s.

Abaixo, as imagens retiradas do facebook mostrando a triste realidade duma capital administrada h√° v√°rios anos pela oligarquia “12” comandada pelo pr√©-candidato a senador pelo PDT (12).

Nota:

Est√° marcada para a pr√≥xima quarta-feira, 24 de janeiro, uma manifesta√ß√£o na Pra√ßa Deodoro encabe√ßado pelos estudantes e demais usu√°rios dos transportes p√ļblicos contra o aumento¬†das passagens.

 

Se é verdade que no Maranhão o governo pratica o menor preço de combustíveis, porque não proíbe aumentar os preços das passagens?

Para um político que muito criticou os governantes passados, e que foi eleito com o discurso da mudança, não fica bem cobrar tantos impostos e ainda justificar cobranças exorbitantes.

Explora√ß√£o e abusos sempre tiveram no Maranh√£o, era esperado na atualidade que os gestores da “mudan√ßa” fizessem diferente. Mas, n√£o!

Ap√≥s aumentarem as tarifas dos √īnibus, passaram a noticiar que o Maranh√£o tem os pre√ßos das tarifas e dos combust√≠veis mais baixos do Brasil, mas isso,¬†nada tem a ver com a gest√£o de Fl√°vio Dino, e sim, pela log√≠stica portu√°ria que facilita o acesso dos combust√≠veis aos¬† postos da capital tornando-os mais baratos.

Segundo uma reportagem, que tudo indica tenha sido “plantada” no jornal da Rede Globo, que foi parar no site do governo do Estado, um dos fatores dos combust√≠veis serem baratos √© por causa “da baixa tributa√ß√£o” e pela intensa fiscaliza√ß√£o do Procon, que nos outros estado ao que pareceu, segundo informa√ß√Ķes governistas, nesses outros estados, diferente do Maranh√£o n√£o funciona bem.

Pode isso?

Abaixo, o absurdo cobrado pelo governo do estado. Numa nota fiscal  de R$ 50,00, mais de dez por cento é cobrado pelo governo comunista.

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) denunciou neste fim de semana mais uma suposta irregularidade no concurso da Polícia Militar do Maranhão

Segundo ele, o Governo do Estado atropelou as etapas formais que regem um concurso e divulgou primeiro a lista de aprovados para, s√≥ depois, divulgar o gabarito oficial e julgamento de recursos, com altera√ß√Ķes, j√° que houve anula√ß√£o de quest√Ķes.

‚ÄúMais desorganiza√ß√£o: gabarito oficial da PM anula 5 quest√Ķes e muda resultado divulgado h√° 10 dias. Ora, concurso deve obedecer uma sequ√™ncia l√≥gica de atos. Normalmente, divulga-se o gabarito e, s√≥ depois, se tem acesso a lista de aprovados. Nesse concurso da PM, foi tudo invertido. Como √© que divulgam a lista oficial no dia 09 de janeiro e, s√≥ 10 dias ap√≥s, no dia 19, divulgam o gabarito oficial? Ali√°s, v√°rios candidatos nos procuraram exatamente agora para relatar isso: que tiveram suas pontua√ß√Ķes alteradas, j√° que 05 quest√Ķes foram anuladas e, consequentemente, posi√ß√Ķes, o que altera o resultado que saiu inicialmente. Concurso n√£o √© brincadeira. Infelizmente, o que a popula√ß√£o observa aqui √© que h√° mais desorganiza√ß√£o e irregularidades no concurso da PM‚ÄĚ, disse Wellington.

Da s√©rie “lagostas e caviar”

Muito poder engorda?  O Governador em seu momento de lazer na praia do Araçagi sua predileta.

O registro fotográfico ganhou o mundo através dos grupos de whstsapp na tarde deste domingo (21), demostrando que o ex-juiz comunista está bem acima do peso. Quem conheceu o atual governador, que antes era bem magro estranhou sua atual postura.

1 2 3 4 5 6 10