Monthly Archives: janeiro, 2018

Atendendo √† solicita√ß√£o de v√°rios maranhenses, o deputado estadual progressista Wellington do Curso realizou visita de inspe√ß√£o √† rodovia MA-006 que possui uma extens√£o de 700 km. Inicialmente, Wellington percorreu o trecho repleto de buracos, de 233 km de Balsas a Alto Parna√≠ba, passando por Tasso Fragoso, e constatou ‚Äúin loco‚ÄĚ a veracidade das den√ļncias encaminhadas ao gabinete.

Ao percorrer √† rodovia, Wellington encontrou verdadeiras crateras e trechos que sequer possuem pavimenta√ß√£o, o que dificulta a passagem di√°ria de caminh√Ķes e outros ve√≠culos.

‚ÄúEssa √© uma importante rodovia maranhense, por onde passa parte da nossa economia. Recebemos as den√ļncias de agricultores e outros maranhenses que costumam passar pela MA-006. Decidimos, ent√£o, fazer o trajeto e ver o que os maranhenses sofrem. Buracos e verdadeiras crateras. Um trecho totalmente intrafeg√°vel. O Governo anunciou que investiu mais de R$5 milh√Ķes nessa rodovia. Iremos cobrar do governador Fl√°vio Dino explica√ß√Ķes sobre isso. Afinal, os recursos p√ļblicos n√£o podem ser ‚Äėaplicados‚Äô em faz de conta. Iremos tamb√©m denunciar ao Minist√©rio P√ļblico para que adote as devidas provid√™ncias. O Governo do Estado anunciou a realiza√ß√£o do tapa buracos onde existia asfalto e compacta√ß√£o do solo e regulariza√ß√£o de leito onde n√£o havia mais asfalto. Onde aplicaram esses R$5 milh√Ķes? Afinal, o que vemos aqui √© o abandono do Governo. Estamos atentos e continuaremos desempenhando as nossas atribui√ß√Ķes de deputado, fiscalizando e cobrando a√ß√Ķes por parte do Governo do Estado‚ÄĚ, disse Wellington.

Veja no vídeo:

No sábado, 27,  a Rede Globo denunciava a falta de hospitais aparelhados para tratamento de hemodiálise no Maranhão. 

Enquanto governador comunista dança carnaval e toca tambor na Madre Deus, pacientes maranhenses continuam morrendo por falta de atendimento médico.

Cercado por cinegrafistas, o governador comunista posava para foto (e ser filmado por suas equipes de cinegrafistas) tocando tambor nos carnavais de S√£o Lu√≠s, pacientes cr√īnicos renais, que precisam fazer tratamento de hemodi√°lise, est√£o morrendo sem a devida aten√ß√£o do Estado. Confira aqui:

Jornal Hoje destaca atraso na construção de clínicas de hemodiálise no Maranhão

A reportagem foi no s√°bado, 27, dia em que¬† o governador midi√°tico fazia pose pra foto batendo tambor. Enquanto isso, v√°rios¬† maranhenses est√£o sofrendo por falta de atendimento em hospitais p√ļblicos pelo interior do Maranh√£o.

Confira abaixo, na reportagem do Jornal Hoje da Rede Globo deste s√°bado.

O Jornal já havia mostrado o problema no ano passado, em uma reportagem sobre pacientes do interior do Maranhão que viajam mais de 10 horas para conseguir o tratamento em São Luís.

A edi√ß√£o deste s√°bado (27) do Jornal Hoje destacou o grave problema da falta de cl√≠nicas de hemodi√°lise no interior do Maranh√£o. A causa para essa realidade √© o atraso na constru√ß√£o dos centros de tratamento, que deveriam diminuir a dist√Ęncia entre os pacientes e o tratamento que necessitam.

Atualmente, pacientes do interior do Maranhão tem morrido por conta da desgastante rotina de viagens até São Luís. Na madrugada desta sexta-feira (26) o aposentado Raimundo Borges morreu no Hospital Socorrão 2, em São Luís.

Ele era morador da cidade de Pinheiro e dependia do tratamento de hemodi√°lise na capital do Maranh√£o, distante 341 quil√īmetros de onde ele vivia. Desde 2017 Raimundo falava que estava cansado do sofrimento pra conseguir se tratar.

‚ÄúVoc√™ n√£o descansa nada e no dia seguinte j√° tem que voltar novamente. √Č uma maratona mesmo, mas a gente tem que lutar pela vida‚ÄĚ, afirmou o aposentado no ano passado.

Seu Raimundo Lopes havia dado entrevista no ano passado, quando viajava para fazer hemodiálise em São Luís (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Durante três anos, Raimundo e outros pacientes faziam uma jornada até uma clínica em São Luís para fazer hemodiálise três vezes por semana. Somando ida e volta, a viagem de Pinheiro até a capital dura até dez horas dentro de uma van. O trajeto inclui um viagem de ferry boat de quase uma hora e meia. Confira na íntegra a reportagem clicando aqui:

Neste s√°bado (27), comemoram-se os sete anos de instala√ß√£o da TV Assembleia. A emissora est√° situada no Complexo de Comunica√ß√£o, em um pr√©dio de tr√™s andares, com uma das mais modernas estruturas de televis√£o do Nordeste e tecnologia de ponta. Est√° no ar 24h, de segunda a domingo, e tem uma grade de programa√ß√£o composta de 20 programas com conte√ļdos referentes √† Pol√≠tica, Cidadania, Esporte, Entretenimento, Cultura e Literatura.

O presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), parabenizou a equipe e destacou a relev√Ęncia do trabalho realizado. ‚ÄúA TV Assembleia, al√©m de dar cobertura aos eventos do Parlamento Estadual, tem participado de diversos outros eventos de interesse da sociedade. Tem prestado um excelente trabalho. Est√£o de parab√©ns todos os profissionais que comp√Ķem a equipe da TV Assembleia. O que esperamos √© que continuemos, a cada ano, melhorando e prestando mais servi√ßos para a popula√ß√£o do Maranh√£o‚ÄĚ, afirmou Othelino Neto.

O diretor de Comunica√ß√£o da Assembleia, Edwin Jinkings, enfatizou que a cria√ß√£o da TV Assembleia foi um divisor de √°guas na Comunica√ß√£o P√ļblica do Maranh√£o e vem cumprindo bem o papel para o qual foi destinada. ‚Äú√Č um projeto ousado que vem dando bons resultados porque tem √† frente excelentes profissionais‚ÄĚ, frisou.

Edwin anunciou que a emissora far√° parceria com outras institui√ß√Ķes p√ļblicas como, por exemplo, o Tribunal de Contas do Estado (TCE), cujas negocia√ß√Ķes j√° est√£o bem adiantadas. ‚ÄúVamos abrir espa√ßo para que essas institui√ß√Ķes possam tamb√©m prestar contas do seu trabalho para a sociedade maranhense‚ÄĚ, ressaltou.

Abaixo, vídeo sobre o Complexo de Comunicação da Assembleia:

 

As cifras leoninas das políticas do Maranhão continuam altas e mais ferozes:

Sabem a anunciada “proclama√ß√£o da rep√ļblica” do Maranh√£o comunista?

Esque√ßam aquela fal√°cia de que “os le√Ķes da direita e da esquerda n√£o comeriam mais as carnes dos pobres em tempos de elei√ß√Ķes”.

As elei√ß√Ķes de 2016 ficar√£o para a hist√≥ria dos abusos.¬†

Como explicar a reelei√ß√£o do desgastado prefeito de S√£o Lu√≠s, Edivaldo Holanda Jr., nas elei√ß√Ķes de 2016, sem derrame da m√°quina p√ļblica?

Vergonhosamente,¬†Eliziane Gama, perdeu. Braide, perdeu. Wellinhgton, Perdeu. O povo perdeu, mas, os Le√Ķes do Pal√°cio vermelho, ganharam. Alguma d√ļvida?

Claro que n√£o, os Le√Ķes por d√©cadas nunca perdem elei√ß√Ķes.

Onde os Le√Ķes n√£o entraram, o comunismo perdeu:

Em Barreirinhas, Caxias, Imperatriz, Pinheiro, etc, v√°rias cidade onde Fl√°vio Dino foi impedido de “derramar sua popularidade” o comunismo perdeu feio.

Coopta√ß√£o de aliados de Sarney para n√£o perder as elei√ß√Ķes de 2018: entenda aqui:

Para 2018, os Le√Ķes mandaram avisar que v√£o estar ferozes. Asfalto, escolas municipais sendo constru√≠das pelo governo, pra√ßas, pontes, a ordem √© n√£o perder elei√ß√£o.

Sabem aquela prometida “mudan√ßa”?

Esqueçam.

“No Maranh√£o quem sempre decidiu¬† elei√ß√Ķes (por v√°rias d√©cadas) foram os Le√Ķezinhos da direita e da esquerda”.

Militares na contram√£o do petismo:

“Queremos vivenciar no Brasil uma direita que valorize os princ√≠pios da fam√≠lia. Bolsonaro n√£o √© de extrema-direita, mas de uma direita saud√°vel. A direita est√° deixando de ser uma palavra maldita no meio da nossa juventude, queremos que o Brasil seja livre das drogas,¬†da pobreza, vamos trabalhar para tirar o povo da pobreza”, disse o Coronel Monteiro durante conversa com um ouvinte na R√°dio Difusora AM.

Coronel Monteiro entre Jair Bolsonaro e seu filho: ter√° total apoio a governador do Maranh√£o.

Enquanto o PT de Lula complica-se cada vez mais com  justiça do Brasil, militares lançam candidaturas prometendo restauração do Brasil.

O coronel aposentado do Exército Brasileiro,  José Ribamar Monteiro, afirmou durante entrevista na tarde desta sexta-feira, 26, ao Programa Espaço Capital na Rádio Difusora AM,  que o pré-candidato a presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), terá candidaturas aos cargos de  governador e deputados no Maranhão.

Com temas voltados para a restauração do Brasil (economia, segurança, educação e família), o coronel aposentado do Exercito falou de sua pré-candidatura a governador do Maranhão, citando pontos negativos causados durante a gestão do PT no governo do Brasil, que deixou a economia brasileira e seus pilares sociais sucateados.

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deve analisar no início deste ano uma proposta que cria a Zona Franca de São Luís, no Maranhão (PLS 319/2015). 

O autor do projeto, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), acredita que a medida ter√° grande impacto econ√īmico para o estado, que, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE), tem a menor renda per capita do Brasil.

A votação da proposta começou em dezembro de 2017, mas parlamentares, em especial da bancada do Amazonas, pediram mais tempo para estuda-la. Os senadores amazonenses defendem ajustes para evitar conflitos com a Zona Franca de Manaus. A reportagem é de Marciana Alves, da Rádio Senado.

Acompanhe mais informa√ß√Ķes na reportagem a Ag√™ncia Senado:

Ficha Limpa: Ex-juiz federal mudou de opini√£o…

Ap√≥s fazer defesas para o ex-presidente condenado por corrup√ß√£o, o governador comunista Fl√°vio Dino (PCdoB), que √© ex-juiz federal, levou uma saraivada de coment√°rios feitos por internautas revoltados na p√°gina de O Globo, pelo seu posicionamento d√ļbio e inconsistente. Conforme reportagem de O Globo, Fl√°vio Dino era totalmente a¬† favor da Lei de Ficha Limpa, mas, pelo visto mudou e para pior.

 

 

 

“E diga sim, a quem nos quer abra√ßar, mas se for pra enganar diga n√£o”

A musica é revolucionária, mas, a atitude dos comunopetistas, está longe disso (reveja aqui). Há exatos 12 anos, desde que foi eleito governador do Maranhão, iniciava-se uma perseguição para tirar Jackson Lago do governo.

Só lembrando quem em 2009,  o então presidente Lula e os comunopetistas deram as costas para Jackson Lago, que sangrando, foi expulso e cassado pelo grupo Sarney, sem o apoio da dita esquerda nacional.

Em 2007, há onze anos atrás, uma musica ecoou em todo o Maranhão durante a cassação do governador Jackson Lago, justamente a oração latina, que ironicamente, foi  tema da posse do governador Flávio Dino, reveja aqui:

Teleguiados pela m√°quina:

Querendo ser o principal candidato a senador pelos dois Le√Ķes (famintos) do Pal√°cio do governo comunista, o deputado federal Weverton Rocha (PDT) decidiu recrutar a deputada federal Eliziane Gama (PPS) para defenestrar de uma vez por todas as pretens√Ķes senatorias de Z√© Reinaldo Tavares e Waldir Maranh√£o.

As m√≠dias governistas, v√°rias emissoras de r√°dios e televis√Ķes que est√£o alugadas aos comunistas em v√°rias cidades espalhadas pelo Maranh√£o, bem como blogues e sites de not√≠cias se uniram para propagar as candidaturas de Weverton Rocha e Eliziane Gama, enquanto desqualificam Z√© Reinaldo e Waldir.

Por outro lado, o ex-governador Z√© Reinaldo, que est√° sumido, parece que ainda espera pela ajuda dos Le√Ķes, que est√£o de bocas fechadas em sua dire√ß√£o.¬† Abaixo, o prefeito Edivaldo Holanda Jr do partido de Weverton Rocha, o PDT, que antes era xingado de toda esp√©cie de palav√Ķes pela deputada evang√©lica Eliziane Gama, mas, agora s√≥ tem elogios ao prefeito comandado por Weverton Rocha. Confira no notici√°rio abaixo:

1 2 3 4 10