Monthly Archives: Janeiro, 2018

O deputado Zé Inácio esteve no último sábado (13) no povoado Mojo, em Bequimão, para acompanhar o andamento das obras do programa Diques da Produção.

No local está sendo construído um dique que deverá ter cerca de 1.200m de comprimento por 14m de largura, e irá atender a mais de dez comunidades da região. Até o momento já foram escavados 550m.

A obra está sendo executada a partir de projeto do Governo do Estado através da Sedes, com emenda parlamentar do deputado.

Segundo Zé Inacio “Essa obra é de extrema importância para as comunidades da região, pois garantirá água para irrigação das plantações, para os animais e peixes para a venda e consumo.”.

Além do deputado participaram da visita o prefeito Zé Martins, o vice Magal, os vereadores Amarildo, presidente da câmara, Valmir, Jorge Filho, Zeca, Vetinho e o engenheiro Eduardo Castelo Branco, representando a Secretária de Desenvolvimento Social – Sedes

Entrega de kits sanitários

No domingo (14) Zé Inácio participou da entrega de 62 kits sanitários para moradores da comunidade quilombola Ramal do Quindiua, em Bequimão.

“Esse banheiros são fundamentais não só por contribuir na diminuição de doenças causadas pelos dejetos que antes era descartados de maneira inadequada, mas por trazer mais dignidade a essas famílias. Parabenizo o prefeito Zé Martins, o vice Magal, os vereadores e secretários por esse importante feito”.

“O governador comunista quer ter vida de casado com a liberdade de solteiro…”

Governo comunista cooptando todos os aliados de Roseana Sarney. Abaixo, lista atualizada dos “novos comunistas” (todos ex-sarneysistas).

Comunistas que se diziam “anti-Sarney” sendo flagrados na atual convivência de um governo que hoje, nem tanto, anti-Sarney assim. Vale a pena ver a cara dos políticos da atualidade que estão visivelmente contrariados pela convivência cada vez mais presente no “governo da mudança”.

O governador bolivariano, Flávio Dino, que tem como meta “venezualizar” o Maranhão, está sendo conhecido como um político sem palavras. Basta ver pela cara dos seus pimpolhos ao dividir espaços cada vez mais com políticos do grupo Sarney, que estão sendo cooptados, cada vez mais lotando as estruturas do governo com gente que governou com Roseana Sarney.

Anti-Sarney?

A lista de “sarneysistas” na gestão comunista cresce a cada dia. São muitos, abaixo, deixarei uma pequena lista de nomes:

A lista de sarneysitas que se tornaram “comunistas” quadriplicou. Recentemente atualizada e poderá ter mais participação de quem “destruiu o Maranhão com Roseana nos 40 anos”, assim como fizeram os sarneyistas clássicos como Gastão Vieira, Pedro Lucas Fernandes, Ildo Marques, Cléber Leite, Rogério Cafeteira, André Fufuca,etc.

Abaixo, lista atualizada pelo blogueiro Hilton Franco:

a relação de SARNEYZISTAS que agora estão rezando a cartilha bolivariana de Flavio Dino. É com essa turma que sempre lambeu a bota da oligarquia Sarney que Dino quer se reeleger usando os mesmos métodos da oligarquia Sarney. Muito cinismo de Dino e seus sabujos que vão aparecer aqui para defender Dino.

Segue a lista:

  1. Rogério Cafeteira
  2. Ildon Marques
  3. Gastao Vieira
  4. Josimar de Maranhãozinho
  5. Roberto Costa
  6. Cléber Verde
  7. Carlinhos Barros
  8. Rigo Teles
  9. Zé Gomes
  10. Pedro Fernandes
  11. Pedro Lucas
  12. Stênio Rezende
  13. Juscelino Filho
  14. Zito Rolim
  15. Antônio Pereira
  16. Eduardo DP (preso várias vezes)
  17. Sálvio Dino
  18. Carlinhos Florêncio
  19. Luís Fernando Silva (era chamado de picolé de Chuchu, como pulou para o barco de Dino não xingaram mais ele).
  20. Láercio Arruda
  21. Francisco Nagib

22.Edijacir Leite

  1. Raimundo Cutrim
  2. Penaldon Jorge
  3. Zé Reis
  4. Arquimedes Bacelar
  5. Hemetério Weba
  6. Juran Carvalho
  7. Júnior Cascaria
  8. Marcos Caldas
  9. Riba do Xerém
  10. Zé Carlos ‘Pé de Pato’,
  11. Jota Pinto
  12. Jaílson Fausto
  13. Arlindo Filho
  14. Magno Bacelar ( maior puxa saco de Sarney )
  15. Cicin
  16. Edson Araújo
  17. Léo Cunha
  18. Consuelo Lima
  19. Antenor Alencar
  20. Waldir Maranhão
  21. Bigu de Oliveira
  22. Miguel Luande
  23. Ana do Gás (fez campanha para Edinho Lobão)
  24. Padre Josias
  25. Eunélio Mendonça (passou 8 anos e deixou um a rodoviária um esqueleto em Santo Antônio dos Lopes)
  26. Juscelino Oliveira

49.Maurício Fernandes

50.Paulo Neto

  1. Maninho de Alto Alegre
  2. Osmar Fonseca
  3. Raimundo Louro
  4. Vinícius Louro
  5. Pedro Custódio
  6. Eric Costa.

Caso você conheça mais um sarneyzista para acrescentar nesta lista, cite o nome do sabujo.

Obs: Sabujo foi o nome dado aos sarneyzista pelo Secretário Jefferson Portela

Nota:

A imagem foi retirada do blog do Jornalista Marco D’éça, editor do Jornal O EMA, que denunciou a manipulação criminosa da voz ministro Zequinha Sarney, que serviu para alimentar a mídia comunista com notícias manipuladas. Confira a notícia na íntegra aqui:

Já na manhã desta segunda-feira (15), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou, na Assembleia Legislativa, proposições em que solicita mais infraestrutura para bairros de Paço do Lumiar. As solicitações foram captadas por meio do projeto “Ouvindo o Maranhão”, através do qual Wellington passou a tarde do último domingo (14) em reunião com moradores de diversos bairros, ouvindo as demandas e reivindicações.

Na ocasião, Wellington cobrou ainda que a parceria tão anunciada por Governo e Prefeitura saíssem do papel e se transformassem em realidade.

“Aceitando o convite dos moradores do Residencial Carlos Augusto, passei a tarde  ouvindo a população de Paço do Lumiar. Na ocasião, ouvi o Sr. Francisco, de 83 anos, e outros moradores. Embora ontem tenha sido o aniversário de Paço do Lumiar, quem conhece a realidade do município não tem muito o que comemorar. Entre as demandas da população, há a falta de infraestrutura das ruas (buracos em todas as vias); falta de iluminação pública e saneamento básico tanto na comunidade Carlos Augusto quanto nos residenciais Maria Firmina, São José, Vila do Povo, Araguaia e Canaã. Governador Flávio Dino, lembre-se que na época das eleições Vossa Excelência prometeu uma parceria com a Prefeitura . A população aguarda o cumprimento dessa promessa!”, disse Wellington.

Já para execução em 2018, o deputado Wellington destinou parte de suas emendas parlamentares para garantir a infraestrutura de Paço do Lumiar. Cabe, agora, ao Governador Flávio Dino a liberação dos recursos.

Polarização eleitoral 2018:

Se por um lado os comunistas ficaram felizes pela concretização da “polarização”, que na verdade, de tanto culparem a ex-governadora Roseana e seu pai, acabaram trazendo de volta ao cenário eleitoral os políticos do grupo Sarney, que estavam mortos e sepultados. Pior que isso, os comunistas acabarem se expondo pela incapacidade de “mudança” que prometeram e não conseguiram tirar o Maranhão da pobreza, que antes era por culpa do “roubo dos cofres públicos”. E agora, não é mais?

Flávio Dino perseguindo os mais pobres…

Em sua coluna, Sarney mostra a verdade, que nem os pobres foram poupados e tiveram seus bens apreendidos. Ora, em tempo algum isso jamais aconteceu em nosso estado. Basta comparar?

José Sarney se defendeu das acusações dos comunistas pelo estado de pobreza que, de acordo com os números do IBGE, o Maranhão ficou mais pobre durante a gestão do governador bolivariano, Flávio Dino.

A verdade dos fatos:

Ficou difícil defender o indefensável: Flávio Dino piorou o Maranhão.

A coisa fica pior ainda mais, quando os que antes saiam em defesa dos comunistas se calaram devido a veracidade das acusações. Quem diria que um dia, este blog sairia em defesa de quem sempre criticou, o Sarney, e mostraria quem, de fato, é o (atual) culpado pela pobreza do Maranhão.

Se o governador bolivariano tiver dados que comprovem o contrário é só enviar que este blog publica.

Confira abaixo, um trecho retirado do blog do Gilberto Leda:

 

Projeto do senador Roberto Rocha de incentivo ao esporte deve ser votado ainda este ano no Congresso

Em um ano marcado por importantes eventos esportivos, como a Copa do Mundo na Rússia, o tema estará em destaque também no Senado Federal. Entre as principais iniciativas neste setor a serem examinadas pelos senadores está o Projeto de Lei do senador Lasier Martins (PSD-RS), que estabelece o incentivo ao desporto como um dos princípios da educação nacional.

Na mesma linha, a Comissão de Educação aprovou, ano passado, dois projetos que ampliam o fomento ao esporte. Um deles, PLS 605/2016, de autoria do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), aumenta de 1% para 2% a possibilidade de dedução do Imposto de Renda para empresas do setor e estende outros benefícios a patrocinadores. A matéria está pronta para ser votada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), em decisão final.

Se aprovado na CAE e, se não houver recurso, vai direto para o Plenário, e em seguida o texto será encaminhado para a análise da Câmara dos Deputados. De acordo com o relator, senador Paulo Rocha (PT-PA), o projeto multiplicará por oito o atual número de potenciais empresas doadoras ou patrocinadoras e ainda dobrará o valor dos recursos que cada uma delas pode direcionar para o esporte.

O projeto, que prevê também a possibilidade de aporte de recursos públicos para o incentivo à prática do esporte na escola, tem como relator na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) o senador Cristovam Buarque (PPS-DF). Para ele, o estímulo ao desporto educacional deve ocorrer de forma ampla e continuada, incluindo a descoberta, a formação e o incentivo de novos talentos desportivos.

A outra proposta (PLS 278/2016), do senador Romário (Pode-RJ), estende até 2025 o prazo de validade da Lei de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438/2006) — hoje o prazo é até 2022.

O projeto também amplia a possibilidade de dedução do Imposto de Renda, de 1% para 4%, para as empresas que patrocinem projetos aprovados pelo Ministério do Esporte. Aprovada em maio na CE, a matéria está em análise na CAE, sob relatoria na senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). (Agência Senado)

Com Othelino, Legislativo será transparente?

Uma casa política que abriga vários interesses. Sempre foi assim na Casa do Povo. Segundo a imprensa maranhense, muita coisa que acontecia longe dos holofotes está vindo à tona, agora, depois da posse do novo presidente. Que seja para melhorar, afinal, o povo continua exigindo a “mudança” prometida.

Transparência, honestidade, verdade: parece até que tudo que não aconteceu durante os primeiros anos da gestão comunista no Poder Legislativo do Maranhão, pode acontecer, enfim. Espera-se que agora, sob nova direção, a Casa do Povo, possa demostrar a tão prometida “mudança” e seja, enfim, um parlamento como deve ser: livre.

Como os eleitores desejam que seja, bem diferente do Congresso Nacional, e tantos outros banhados em corrupções que só envergonham nosso povo.

Desejamos sucesso ao deputado Othelino Neto, que consiga, enfim, mudar para melhor a imagem que nosso povo tem desse tão combalido parlamento.

Abaixo, um registro das primeiras medidas do novo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, segundo a leitura dos bastidores daquele poder.

Mais Esgotos lançados nas praias:

Na gestão do governador ideológico do comunista Flávio Dino, confirmação da dura realidade de que nada mudou, de fato para melhor. Nas propagandas enganosas, diferente da realidade, nossa capital continua poluída de esgotos.

Esgotos estão “bombando”

No último ano do final do seu mandato, pouca coisa mudou, as praias continuam como antes, há anos estão sendo contaminadas pelos esgotos à revelia daquilo que foi prometido e, também, daquilo que está foi largamente propagado como o “apogeu da balneabilidade”, como nunca antes, as praias de São Luis estavam (todas) limpas.

Para mostrar que as praias estavam limpas, o governador e alguns corajosos, deixaram-se fotografar para sair nas redes sociais

Abaixo, dois vídeos que desmentem os excessos de propagandas enganosas do governador *bolivariano Flávio Dino.  Em agosto de 2017, período da estiagem (sem chuvas), portanto uma boa oportunidade para o governo tratar esse problema de lançar esgotos (in natura) nos mangues e nas praias de São Luís, mas, nada fez. Confira clicando aqui:

* Diz-se “bolivariano” todo comunista que apoia a ditadura instalada na Venezuela.

Mais de mil proposições! Essa é a expressão que sintetiza a atuação parlamentar do deputado estadual Wellington do Curso em apenas 03 anos na Assembleia Legislativa do Maranhão. Já são 1.024 proposições apresentadas, entre elas 491 indicações; 386 requerimentos; 110 Projetos de Lei; 6 projetos de Decreto Legislativo; 6 projetos de Emenda Constitucional. Todas as propostas foram encaminhadas ao Governador Flávio Dino (PC do B), que é quem possui a competência para executar.

Ao abordar o grande número de proposições, Wellington disse que é graças à população, que é quem participa diariamente do mandato.

“Nosso mandato tem a cara do povo do Maranhão. É natural que tenhamos muitos projetos. Afinal, se a população solicita; a gente formaliza. É simples! Não há barreira entre o povo e nosso mandato. Fazemos isso desde o início e continuaremos. Afinal, fomos eleitos para defender a população e cumprir as ordens dela”, disse Wellington.

Além da atuação incessante na Assembleia Legislativa, o deputado Wellington também é reconhecido por sua atuação nas ruas, com o contato direto com a população.

“Temos o projeto do ‘Ouvindo o Maranhão’, que consiste em visitar os municípios e ouvir a população. Nosso mandato é das ruas. Não se limita à Assembleia Legislativa. Aliás, a Assembleia é apenas um dos pontos. Para nós, o mais importante é a participação popular. É sentir o povo, conhecer a realidade e ser grato pela confiança de quem acredita em nós”, pontuou o parlamentar.

Wellington também é o deputado que já mais realizou audiências públicas, com servidores públicos, concursados, minorias, em defesa dos animais, entre outros.

“A audiência pública é o momento em que reunimos população e autoridades. Se alguém tem que fazer algo, o fará nesse momento. Como deputado estadual, não posso efetivar ação alguma. Por isso, temos a audiência: momento em que reunimos a população e as autoridades. Após, temos inúmeros encaminhamentos, a fim de solucionar os problemas”, esclareceu Wellington.

Entre as propostas de autoria do deputado Wellington, há aquelas que já foram aceitas e implantaras pelo Governo do Estado, a exemplo do Programa de Alfabetização “Sim, eu posso!” , e, ainda, o que impõe gratificação aos policiais militares por apreensão de arma de fogo no Maranhão.

Atualmente, tramitam na Assembleia projetos de grande relevância, de autoria do deputado Wellington, a exemplo do PL 99/2017, que proíbe a apreensão de veículos por IPVA atrasado; e o PL 357/2017, que prevê o percentual de 10% nas notas finais dos maranhenses em concursos públicos realizados no Maranhão.

Alô, ex-juiz Flávio Dino: cadê sua “justiça”?

Flagrante fotográfico mostra que funcionários do governo estavam dando vaias em deputados.

Pode isso: funcionários “gazeando”serviço promovendo baixarias?

Durante a semana uma imagem absurda: vários funcionários do governo do estado, da gestão ideológica dos comunistas, que deveriam estar trabalhando, mas foram participar de uma inauguração de uma rodovia federal.

Se fosse justo, se tivesse preocupação com a transparência, o ex-juiz Flávio Dino viria a público se retratar, mas, nada fez. Abaixo, as imagens de seu funcionários que foram flagrados em atitudes desrespeitosas, vaiando as autoridades do governo federal durante inauguração de uma obra.

Qual a justificativa de funcionários do Procon numa inauguração de uma rodovia, atestar a qualidade do asfalto?

Confira as baixarias registradas no blog do Gilberto Leda:

 

 

Repetindo Sarney, o governo ideológico só trabalhou para garantir a eleição do seu grupo político:

Anotem aí: com a desculpa de “lutar contra o Sarney” os comunistas se prepararam para derramar a máquina pública nas eleições de 2018.

Como fez Sarney por várias décadas para manter seu grupo no poder, o novo dono do MA se prepara para despejar as estruturas do governo em favor de sua reeleição, e de seus secretários de governo em 2018. Confira na declaração dada pelo principal articulador político do governo comunista, o secretário da Casa Cível, outro que será candidato a deputado.

Em declaração dada ao jornalista Diego Emir, articulador político de Flávio Dino falou o óbvio: querem polarizar a disputa com Roseana Sarney para usarem a desculpa de “libertar o Maranhão do Sarney” com derrames da máquina pública em eleição.

1 2 3 4 6