Um aventureiro comunista tentando intimidar Bolsonaro, que mostra diferença e tem crescido no eleitorado brasileiro…

0

É preocupante quando um governador demostra que vai usar o poder do cargo que ocupa eleitoralmente.

No pobre Maranhão, muito dinheiro poderá ser jogado no esgoto das eleições. Para chamar a atenção do Brasil, tudo indica que o comunista mandou “plantar” uma entrevista num grande jornal de circulação nacional para atacar o crescimento do Bolsonaro, chamando sua candidatura de “aventura” que “será um suicídio para o Brasil”. O comunista Flávio Dino, na mesma reportagem defendia outro aventureiro, o Lula do PT, que deixou o Brasil no fundo do poço.

Aventureiro: Flávio Dino foi eleito governador do Maranhão com apoio do PSDB (direita), mas ainda não sabe se vai apoiar Lula, ou a candidata de seu partido, Manuela Dávila do PCdoB. Esperava-se que em sua “entrevista” plantada falasse sobre o assunto, mas, preferiu atacar Bolsonaro.

A carta de Bolsonaro ganhou espaço dos brasileiros, já no no Maranhão, Flávio Dino continua esquecendo de governar para se expor como defensor de um ex-presidente que está condenado por corrupção.

As declarações estapafúrdias sobre Bolsonaro, dadas em “entrevista” (tudo indica que paga), em jornal do Sul do Brasil pelo governador Flávio Dino, que deveria estar cuidando dos pobre do Maranhão e não querendo ser advogado de Lula, ex-presidente que está condenado pela Justiça do Brasil,  demostra o quanto Flávio Dino não leva a sério o cargo que ocupa. O povo do Maranhão deve ficar atentos com suas atitudes.

Na contramão do povo do Brasil, o governador do Maranhão, Flávio Dino, que se elegeu prometendo mundos e fundos, mas, gastou três anos defendendo o modelo corrupto do PT de Lula e Dilma, assim como os ditadores da Venezuela e (Nichólas Maduro) e da Coréia do Norte (kim Jong-Un) também  a “ideologia de gênero” para crianças nas escolas.

Flávio Dino foi uma aventura errada. Nunca teve votos, surgiu pelas mãos do então governador do Maranhão, José Reinaldo Tavares, que nas eleições de 2016 o elegeu deputado federal com a ajuda meia duzia de amigos, todos prefeitos.

Em 2014, por um golpe de sorte, o candidato de Roseana Sarney decidiu sair das eleições, outro, de ultima hora, Edinho Lobão, resolveu disputar contra Flávio Dino, foi aí que a ojeriza ao grupo Sarney conseguiu, a exemplo de Jackson Lago, em 2016, essa mesmíssima ojeriza a Sarney elegeu Flávio Dino governador.

Sobre a carta, agiu correto o Bolsonaro. Todo candidato sério deve agir dessa forma. O deputado federal, Jair Bolsonaro, bom que se diga, tem crescido no gosto dos brasileiros e incomodado os “esquerdistas” como Flávio Dino.

Abaixo, trecho da carta de Jair Bolsonaro:

“Comunicado aos cidadãos do Brasil:

Nos últimos dias o Dr. Adolfo Sachsida foi apresentado pela imprensa como o “conselheiro” do deputado Jair Bolsonaro. Conforme nota já divulgada, houve sim conversas com o talentoso economista.

Também entendemos o interesse da sociedade pela equipe de acadêmicos e profissionais que estão integrando nosso time.

Nesse sentido, podemos antecipar que já contamos com um sólido grupo, composto por professores de algumas das melhores universidades do Brasil e da Europa. Indivíduos que são referência na academia, com vários papers publicados em revistas ranqueadas, com larga experiência profissional e sem máculas em seus respectivos históricos.

Evidentemente que nenhum dos membros de nossa equipe defende ideias heterodoxas ou apreço por regimes totalitários.

Sabemos que estamos lidando com a vida e o futuro de centenas de milhões de pessoas. Assim, afirmamos que, absolutamente, todas as propostas serão pautadas pelo respeito aos contratos, respeito às leis e pelo TOTAL respeito à Constituição Brasileira.

Um amplo trabalho vem sendo desenvolvido há alguns meses e já existiram dezenas de reuniões. Não se tratando de algo rápido ou superficial.

Sabemos do momento dramático pelo qual o Brasil atravessa e estamos cientes que o nome de Jair Bolsonaro representa esperança de dias melhores para mais de duzentos milhões de brasileiros. Todavia, pedimos um pouco mais de paciência a todos, para que tudo seja feito de forma profissional, séria e ética. Como sempre será feito!

Brasil acima de todos e Deus acima de tudo.”

Os comentários estão desativados.