Monthly Archives: dezembro, 2017

Tentativa de ‚Äúpolarizar‚ÄĚ na imprensa nacional n√£o deu certo:

M√≠dia sulista chama povo maranhense de “desinformados e enganados”, e por culpa dos comunistas, a pobreza do Maranh√£o- novamente- foi exposta ao Brasil.

Fl√°vio Dino desaprovado pelos jornalistas sulistas…

Ap√≥s entrevista ‚Äúplantada‚ÄĚ no Jornal Folha de S√£o Paulo, jornalistas da Jovem Pan culpam governador Fl√°vio Dino pelo atraso, desinforma√ß√£o e pobreza cultural dos maranhenses.

Pagou caro para ser elogiado, mas, acabou sendo escrachado:

Ap√≥s ‚Äúentrevista”, que ao que tudo indica, foi “plantada” no Jornal Folha de S√£o Paulo (entenda aqui) , jornalistas do Sul do Brasil chamam Fl√°vio Dino de ‚ÄúMalandro de quinta categoria‚ÄĚ, ‚Äúmentiroso‚ÄĚ, ‚Äúsem-vergonha‚ÄĚ, referindo-se √† entrevista em que defendeu Lula, e por tabela, acabaram criticando a popula√ß√£o do Maranh√£o como sendo “desinformados” por aceitar aquilo que todos est√£o vendo, ou seja, que na verdade Fl√°vio Dino √©, e sempre foi: um engano.

O governador Fl√°vio Dino (PCdoB) foi alvo de duras cr√≠ticas no programa ‚ÄúOs Pingos nos Is‚ÄĚ, transmitido em rede nacional pela R√°dio Jovem Pan, com estrondosa audi√™ncia em todas as regi√Ķes do Brasil.

Por Daniel Matos

A jornalista Joice Hasselmann, √Ęncora dos ‚ÄúPingos nos Is‚ÄĚ, fez duras cr√≠ticas a Fl√°vio Dino

Os √Ęncoras reprovaram as declara√ß√Ķes dadas pelo governante maranhense em recente entrevista √† Folha de S. Paulo.

‚ÄúMentiroso‚ÄĚ, ‚Äúsem vergonha‚ÄĚ, ‚Äúperigo p√ļblico‚ÄĚ e ‚Äúmalandro‚ÄĚ foram alguns dos adjetivos atribu√≠dos ao comunista, sobretudo por sua posi√ß√£o favor√°vel √† candidatura do ex-presidente Lula a um terceiro mandato presidencial, mesmo estando o petista condenado pela Justi√ßa Federal, em primeira inst√Ęncia, e na imin√™ncia de nova condena√ß√£o, em segunda inst√Ęncia, e por sua tentativa de colocar pobres contra ricos, √† custa da apologia ao Estado paternalista e da demoniza√ß√£o da classe chamada por ele de elite.

O trio de apresentadores Joice Hasselmann, Augusto Nunes e Felipe Moura Brasil foi un√Ęnime ao avaliar como absurdas as declara√ß√Ķes do comunista ao maior jornal do pa√≠s. O √ļltimo chegou a recomendar aos maranhenses que rejeitem a reelei√ß√£o do governador.

Assista:

Revoada comunista: Temer desequilibra o jogo de Fl√°vio Dino e traz de volta os Fernandes para Roseana.

O presidente Michel Temer, ao que tudo indica, come√ßou esvaziar o palanque de Fl√°vio Dino no Maranh√£o, pelo jeito, os Fernandes dever√£o entregar as quinquilharias governistas que foram ofertadas por Fl√°vio Dino em troca de apoio nas elei√ß√Ķes de 2018.

O deputado federal Pedro Fernandes acaba de aceitar o cargo de ministro do Trabalho do governo Michel Temer (PMDB).

A informa√ß√£o foi confirmada no in√≠cio da noite desta quarta-feira (27) pelo l√≠der do PTB na C√Ęmara Federal, Jovair Arantes, horas depois de Ronaldo Nogueira pedir demiss√£o da pasta.

Com a posse do deputado Federal Pedro Fernandes (PTB) como novo ministro do Trabalho, sua vaga dever√° ser ocupada por Davi Alves da Silva J√ļnior (Davizinho do PR).

A press√£o dos comunistas sobre os sarneysistas que foram cooptados pelos “dois le√Ķes” do Pal√°cio foi redobrada depois da sa√≠da de Pedro Fernandes.

Abaixo, a lista dos novos comunistas (com altera√ß√Ķes):

Recado na bala: Blogueiro tem carro crivado de balas na porta de casa….

Tudo indica que o blogueiro e radialista Jota Luiz, que mora na cidade de Alto Alegre do Maranh√£o est√° correndo riscos de vida. Em sua p√°gina do facebook, Jota disse que seu carro, que estava estacionado na porta de sua casa, sofreu uma rajada de balas disparada por um atirador (pistoleiro?) ainda n√£o identificado.

O blogueiro, que já prestou depoimento na delegacia e registrou um B. O. (Boletim de Ocorrência) e aguarda que o Estado tome as devidas providências.

Fique abaixo, com o desabafo do blogueiro:

‚ÄúS√≥ agora achei for√ßa pra relatar tudo que aconteceu comigo no √ļltimo s√°bado dia (23), onde fui v√≠tima de um atentado contra minha vida na frente da minha casa na Rua Tereza Murad, Bairro do Tucum no centro de Alto Alegre do Maranh√£o.

De acordo com informa√ß√Ķes de Vizinhos, uma Pick up Strada Preta passou a tarde rodando na Rua em que moro. Como eu n√£o me encontrava em Casa, eles aguardaram minha chegada por volta das 8 horas da noite, cheguei e deixei meu carro na porta de casa. J√° por volta das 11 horas da noite acordei com um disparo de arma de fogo, fui at√© o port√£o me deparei com meu carro quebrado todo‚Ķ”

Investiga√ß√£o da Pol√≠cia Federal poder√° chegar numa organiza√ß√£o das bandas de c√°, que t√° confundindo atual gest√£o com o desgoverno passado…

Diz o ditado: o cachimbo é que faz a boca torta. Mas, desde o primeiro dia da gestão do prefeito DE São José de Ribamar, Luís Fernando (PSDB), o cachimbo foi retirado da Organização Social Vitale, que, até meados deste mês, administrou o complexo formado por Maternidade e Hospital de São José de Ribamar.

Por quest√Ķes l√≥gicas, contratuais ,e para que os servi√ßos n√£o fossem paralisados at√© que a nova licita√ß√£o fosse conclu√≠da, a Vitale continuou na gest√£o das duas unidades ribamarenses.

Continuou, mas, agora, sem o ‚Äúcachimbo‚ÄĚ, que entortava ainda mais a boca da Vitale, que por coincid√™ncia, no final do m√™s de novembro se viu envolvida num esc√Ęndalo em S√£o Paulo (entenda clicando aqui), onde foram presos v√°rios diretores da Organiza√ß√£o, entre eles, um que dirigiu o hospital municipal de S√£o Jos√© de Ribamar na gest√£o do ent√£o prefeito Gil Cutrim, protagonista da maior destrui√ß√£o do munic√≠pio ribamarense nos √ļltimos tempos.

Leia-se por ‚Äúcachimbo‚ÄĚ o pagamento de faturas milion√°rias pagas todo m√™s sem os devidos servi√ßos prestados.Isso mesmo!

Na gest√£o passada, a Vitale recebia rigorosamente uma m√©dia de R$ 2 milh√Ķes/m√™s, embora executando mensalmente apenas 22% das metas estabelecidas para os servi√ßos.

Mas como o ‚Äúcachimbo‚ÄĚ foi tirado desde o dia primeiro de janeiro de 2017, a Organiza√ß√£o passou a receber apenas pelos servi√ßos devidamente prestados, o que √© justo, moral e legal, de acordo com os pr√≥prios termos contratuais.

Como a boca j√° estava torta h√° tempos, ap√≥s deixar a gest√£o do munic√≠pio ribamarense, ap√≥s a contrata√ß√£o da nova administradora, a Vitale agora inventa que a prefeitura deve cerca de R$ 10 milh√Ķes.

PF de Olho nela e no Dom Bigodon das contas!

Diante da insatisfa√ß√£o e rep√ļdio da popula√ß√£o de Imperatriz pela obra Beira-Rio, entregue pelo Governador Fl√°vio Dino (PC do B), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) protocolou of√≠cio na Secretaria de Infraestrutura do Estado na manh√£ desta quarta-feira (27).

O conte√ļdo do of√≠cio √© solicitando que sejam encaminhadas todas as c√≥pias dos contratos de reforma (Revitaliza√ß√£o) da Beira-Rio em Imperatriz, o processo administrativo vinculado ao citado contrato, bem como o devido processo licitat√≥rio referente √† reforma da obra em quest√£o, al√©m de planilha de custo da obra e origem especificada dos recursos utilizados, bem como c√≥pias de todas as notas fiscais.

Al√©m disso, o parlamentar solicita que sejam encaminhadas c√≥pias de todos os projetos arquitet√īnicos e estruturais e as raz√Ķes de sua modifica√ß√£o, todas discriminadas financeiramente.

‚ÄúEles gastaram mais dinheiro do que o previsto e inauguraram uma obra muito inferior do que foi prometido. E ainda demoraram mais de 01 ano para concluir. N√£o √© poss√≠vel que enterraram R$ 10 milh√Ķes em algo t√£o simples. N√£o faz sentido algum. Isso √© chamar o povo de besta. Aqui em Imperatriz, Fl√°vio Dino entregou gato por lebre‚ÄĚ, lamentou Joice, moradora de Imperatriz.

Sobre o ofício, Wellington fundamentou o pedido baseando-se na Lei de Acesso à Informação e ressaltou o poder fiscalizatório.

‚ÄúO que ainda n√£o se entendeu √© que recurso p√ļblico n√£o √© dinheiro do particular. N√£o se pode fazer de qualquer jeito. N√£o se pode fazer s√≥ por fazer e entregar sem responsabilidade. Fl√°vio Dino entregou uma obra quase que 3 vezes mais cara, com 1 ano de atraso e que decepcionou a popula√ß√£o. E agora? Precisamos das planilhas e dos projetos para confirmar a aplicabilidade dos recursos. A popula√ß√£o quer saber pra onde foram os supostos ‚ÄėR$10 milh√Ķes‚Äô, j√° que a obra n√£o condiz com isso. Aguardamos, agora, que encaminhem as informa√ß√Ķes. Quem cobra isso n√£o sou eu, mas sim cada cidad√£o que vive em Imperatriz e se sente enganado‚ÄĚ, disse Wellington.

 Ricardo Murad no vácuo de Flávio Dino: 

Fl√°vio Dino √© repreendido por Ricardo Murad por ter gasto v√°rios milh√Ķes em propagandas mentirosas.

A história se inverteu:

Antes de ser eleito governador, Fl√°vio Dino criticava “um Maranh√£o que s√≥ existia nas propagandas” do governo de Roseana Sarney.¬† E hoje, quem diria, o governador Fl√°vio Dino, depois de criticar tanto o grupo Sarney pelos excessos de propagandas est√° fazendo pior.

O ex-secret√°rio de Sa√ļde,Ricardo Murad, que √© pr√©-candidato a governador nas elei√ß√Ķes de 2018, foi para as redes sociais criticar os excessos praticados pelo governador Fl√°vio Dino, naquilo que se tornou seu “calcanhar de Aquiles”. Abaixo, trecho da postagem do blog do Caio Host√≠lio: sobre os “milh√Ķes jogados no ralo” do pobre Maranh√£o:

No Maranh√£o governado pelos comunista, nem caixa d’√°gua¬†escapou das propagandas mentirosas…

Excessos de propagandas:

N√£o tinha nada, agora tem?

Em pe√ßas publicit√°rias do governo comunista, anunciadas em outdoors, caixas d’√°guas, at√© em √īnibus, o governo comunista faz insinua√ß√Ķes que antes de Fl√°vio Dino ser governador do Estado do Maranh√£o n√£o tinha pol√≠cia nas ruas, n√£o tinha √°gua nas torneiras, nem escolas feitas de alvenaria.

Mais dinheiro para a propaganda:

Em 2017 v√°rios milh√Ķes foram “torrados” na Comunica√ß√£o comunista, no or√ßamento de 2018, outros milh√Ķes ser√£o gastos.

Orçamento de 2018 teve aditivo milionário aprovado pelos deputados na Assembleia Legislativa.

N√£o √© segredo para ningu√©m que Fl√°vio Dino usa as mesmas t√°ticas pol√≠ticas de Sarney, e que vem usando as estruturas p√ļblicas para atrair para seu campo pol√≠tico v√°rios aliados da ex-governadora Roseana Sarney.

Na imagem do dia, o governador Fl√°vio Dino apontando na dire√ß√£o da TV Mirante (do outro lado da ponte) que pertence ao empres√°rio Fernando Sarney, que embolsou mais de 35 milh√Ķes pagos pelo governador comunista no ano de 2017.


¬†Dino aponta na dire√ß√£o do “outro lado da ponte”, na dire√ß√£o do empres√°rio Fernando Sarney, dono da TV Mirante…

O ano de 2017 foi um ano de gastos, de prejuízos milionários ao povo pobre do Maranhão, por culpa do secretário de Estado da Comunicação, que é pré-candidato a deputado federal, Márcio Jerry, que resolveu investir maciçamente na propaganda de Flávio Dino.

No total, mas de 80 milh√Ķes foram torrados para propagar a imagem do governador da “mudan√ßa”, que,¬† diferente daquilo que prometeu, deixou de investir milh√Ķes para tirar o povo da pobreza e preferiu pagar as emissoras de Sarney e Lob√£o. (Mirante e Difusora).

Enquanto isso, falta at√© dipirona nas UPA¬īs de S√£o Lu√≠s.

“O Maranh√£o muda de lado e n√£o melhora, o governador do Maranh√£o est√° com a cabe√ßa estacionada na metade do s√©culo passado‚ÄĚ, disparou o comentarista da Jovem Pam, Augusto Nunes, sobre Fl√°vio Dino.

O comentário aconteceu logo após a entrevista dada pelo comunista ao Jornal Folha de São Paulo, que teria evoluido vários séculos em apenas 3 anos. Augusto Nunes, lógico, tratou de colocar o comunista em seu lugar, ou seja: no século passado.

O jornalista Augusto Nunes, que é colunista da Revista VEJA, Jovem Pam, e apresentador do programa Roda Viva, da TV Cultura, detonou o governador Flávio Dino, após atacar a ex-governadora Roseana Sarney (hoje sem mandato) e tentar defendera o ex-presidente Lula (condenado por corrupção).

Frase do governador comunista dando conta que o povo brasileiro (que √© contra o PT) seria¬† “a elite brasileira” que possui esp√≠rito capitalista (de quem vive em Miami, nos EUA).

Abaixo, trecho do Programa Jornal da Manh√£ (Jovem Pam).

1 2 3 4 11