Monthly Archives: novembro, 2017

O deputado estadual J√ļnior Verde (PRB) foi recebido junto com o governador Fl√°vio Dino no √ļltimo final de semana, pelo prefeito de S√£o Francisco do Brej√£o, Ad√£o Carneiro, para entregar diversas ruas asfaltadas por meio do programa Mais Asfalto e fardamentos esportivos, al√©m de vistoriar novas interven√ß√Ķes no munic√≠pio, como a Escola Diga que est√° em fase constru√ß√£o.

‚ÄúN√£o se v√™ mais poeira como antes. A loja ficou mais bonita e o movimento de clientes j√° at√© aumentou. O asfalto s√≥ nos trouxe melhorias e qualidade de vida‚ÄĚ, agradeceu a comerciante Vanete Pereira.

Al√©m de entregar quil√īmetros de asfalto, foram assinados conv√™nios para a constru√ß√£o de duas pra√ßas. A comitiva vistoriou ainda as obras da Escola Digna, que tem seis salas de aula e est√° garantindo emprego para dezenas de pessoas.

‚ÄúSempre buscamos junto ao Governo do Estado investimentos em S√£o Francisco do Brej√£o, um munic√≠pio que precisa da aten√ß√£o do poder p√ļblico, e que tem recebido obras importantes para o desenvolvimento econ√īmico e social de toda a regi√£o‚ÄĚ, destacou J√ļnior Verde.

Participaram da comitiva secretários de Estado, secretários municipais, deputados estaduais e empresários. O prefeito Adão Carneiro destacou a quantidade de obras realizadas no município.

‚ÄúNum momento de crise como esse, com esse apoio a gente tem um grande canteiro de obras na cidade, o que √© muito bom‚ÄĚ, avaliou.

Os investimentos chegam a R$ 5 milh√Ķes de reais.

Com a presen√ßa de lideran√ßas pol√≠ticas e da classe estudantil, que durante toda a semana esteve participando de atividades alusivas a quest√Ķes ambientais, o senador Roberto Rocha (PSDB-MA) encerrou a ‚ÄúSemana Escolar de Revitaliza√ß√£o dos Rios‚ÄĚ celebrando boas not√≠cias relativas √† preserva√ß√£o dos rios maranhenses, hoje, principal bandeira de sua atua√ß√£o parlamentar.

A primeira foi reafirmada √† imprensa e ao p√ļblico presente no Aterro do Bacanga, onde aconteceu a ‚ÄúSemana Escolar de Revitaliza√ß√£o dos Rios‚ÄĚ: foi sancionada a Lei 13.507/2017, que amplia para todo o territ√≥rio maranhense a √°rea de atua√ß√£o da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do S√£o Francisco e do Parna√≠ba (Codevasf). A popula√ß√£o que envolve 70 munic√≠pios das bacias dos rios Tocantins, Munim, Gurupi, Turia√ßu e Pericum√£, j√° pode contar com a√ß√Ķes do governo federal para execu√ß√£o de projetos e obras estruturantes, como drenagem e pavimenta√ß√£o asf√°ltica, reflorestamento e recupera√ß√£o de √°reas de prote√ß√£o permanente, constru√ß√£o de a√ßudes, barragens e estradas vicinais, entre outros.

A segunda importante not√≠cia √© que as a√ß√Ķes do parlamentar em prol dos rios maranhenses j√° apresentam resultados concretos. Entre eles, as m√°quinas e equipamentos agr√≠colas que ser√£o entregues a v√°rias cidades maranhenses, trabalho que √© fruto de emendas da atua√ß√£o do senador Roberto Rocha. Na cerim√īnia de encerramento da ‚ÄúSemana Escolar de Revitaliza√ß√£o dos Rios‚ÄĚ, estiveram em exposi√ß√£o v√°rias m√°quinas e equipamentos agr√≠colas que ir√£o para os munic√≠pios maranhenses.

Com um p√ļblico que teve a participa√ß√£o de centenas de estudantes da educa√ß√£o infantil e do ensino fundamental da rede municipal de ensino, a ‚ÄúSemana Escolar de Revitaliza√ß√£o dos Rios‚ÄĚ foi realizada com o objetivo de desenvolver, com a classe estudantil a√ß√Ķes e posturas respons√°veis diante de problemas ambientais, como o desperd√≠cio de √°gua e polui√ß√£o, sensibilizando sobre a import√Ęncia da preserva√ß√£o do meio ambiente. Ao longo da semana, v√°rias atividades foram desenvolvidas, com atra√ß√Ķes l√ļdicas, como teatro de bonecos, contadores de hist√≥rias, biblioteca infantil, palestras, exposi√ß√£o sobre a revitaliza√ß√£o dos rios maranhenses. Merecem destaque a participa√ß√£o do Batalh√£o de Infantaria do Ex√©rcito, cujo estande despertou a curiosidade dos alunos do ensino fundamental, e a biblioteca m√≥vel do SESC, cujas atividades deram apoio ao p√ļblico de educa√ß√£o infantil.

No encerramento da Semana, ocorrido na sexta-feira, 24, data em que √© comemorado o Dia Nacional dos Rios, o senador Roberto Rocha destacou a import√Ęncia do evento como instrumento de conscientiza√ß√£o para aqueles que ser√£o os maranhenses adultos no futuro: ‚ÄúAs crian√ßas desde os primeiros anos escolares devem ter consci√™ncia ambiental, consci√™ncia cidad√£ da import√Ęncia da preserva√ß√£o dos rios.

O que n√≥s temos de mais importante no Maranh√£o depois de nossa gente s√£o as nossas √°guas. Cuidar das nossas √°guas √© cuidar da sa√ļde das pessoas.¬† N√£o √© comum se ver a preocupa√ß√£o das pessoas com a √°gua na origem, na fonte, no rio. Essa preocupa√ß√£o √© fundamental sen√£o s√≥ vamos saber o valor da √°gua quando a fonte secar‚ÄĚ, constatou o senador.

A Venezuela n√£o ser√° aqui…

Escola sem Partido tenta impedir as ideologias esquerdistas no ensino fundamental de São Luís.

Petistas, comunistas, pedetistas querem dar poderes aos professores que desejam amordaçar estudantes do fundamental. Só professores devem falar, enquanto os direitos das crianças são calados nas escolas?

Fim da “doutrina√ß√£o”: Projeto de ensino esquerdista poder√° ser impedido de ser ensinado √†s crian√ßas nas escolas …

Estive prente nesta manh√£ na sess√£o da C√Ęmara de Vereadores de S√£o Lu√≠s, para sondar um projeto que fere de morte os planos do PCdoB em todo o pa√≠s,¬† que √© de doutrinar nossas crian√ßas ainda no ensino fundamental.

Sob gritos de ‚Äú vereadores fascistas” a pauta do dia, que seria de aprecia√ß√£o da Escola sem Partido foi retirada, nesta segunda feira, 27, impedindo a aprecia√ß√£o do projeto de lei n¬ļ 113/17, de autoria de Chico Carvalho, que institui o programa ‚ÄúEscola Sem Partido‚ÄĚ na rede municipal de ensino da capital maranhense.

Já era esperado o ambiente ficar conturbado durante sessão desta manhã para apreciação de um projeto que em todo o Brasil que livrar as crianças das garras do comunismo e suas ideologias destruidoras.

Enquanto querem implantar doutrinas nas escolas, os telhados estão caindo nas cabeças das crianças, mas não vi nenhum desses que ai estão gritando, dizer uma só palavra, disse o vereador Estevão Aragão.

‚Äúo Estado est√° fraco, enquanto o governo est√° forte‚ÄĚ, lembrou o vereador Chaguinhas, sobre a morte prematura de uma adolescente que ia para sua escola no Coroadinho. Chaguinhas foi enf√°tico ao pedir que haja discuss√£o do projeto e n√£o ‚Äúmorda√ßa‚ÄĚ, que seja discutido e n√£o calado por quem apoia as ideologias e esquece de governar.

 

Sindicato dos Jornalistas manifesta apoio a editor de Política de O Estado, alvo de decisão judicial abusiva!!!

Por Daniel Matos: 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Luís manifestou solidariedade ao jornalista Marco Aurélio D’Eça, editor de Política do jornal O Estado do Maranhão, condenado a prisão e pagamento de multa por divulgar notícia envolvendo o desembargador federal Ney Bello, ou seja, pelo exercício legítimo da profissão.

Em mo√ß√£o de apoio, a entidade classificou a medida como ‚Äúabusiva‚ÄĚ e ‚Äúmanifesta agress√£o √† liberdade de express√£o‚ÄĚ.

Not√≠cia publicada em blog aliado ao Pal√°cio dos Le√Ķes vem sendo distribu√≠da pelo secret√°rio de Estado da Comunica√ß√£o Social e Assuntos Pol√≠ticos, M√°rcio Jerry, e reproduzida por todos os canais de comunica√ß√£o governistas, tendo ampla repercuss√£o entre aliados dos comunistas, entre os quais o advogado S√°lvio Dino J√ļnior, irm√£o do governador Fl√°vio Dino (PCdoB).

Segue o manifesto do sindicato:

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUIS

MOÇÃO DE APOIO

Vimos manifestar no apoio irrestrito ao jornalista Março Aurélio D’Eca, num momento em que aquele enquanto profissional é atingido por medida abusiva e manifesta agressão à liberdade de expressão, o que preocupa a todos os comunicadores diante da ameaça de amordaçar a imprensa em geral e a liberdade de expressão pela intimidação.

Ao jornalista Março Aurélio D’Eca, todo nosso apoio.

Douglas Cunha Presidente

Asfalto sonrisal em obra feita √†s pressas…

Denuncia de leitor feita pelo whatsapp mostra que uma ponte rec√©m inaugurada est√° rachando. O culpa seria da empreiteira Edeconsil, que fez a obra com verba de conv√™nios, que, segundo denunciante, fazia as “obras eleitoreiras” do governo passado.

Abaixo, trecho da den√ļncia:

A ponte sobre o Rio Itapetininga no munic√≠pio de Bequim√£o foi constru√≠da pelo governo do Estado (Fl√°vio Dino PCdoB) com verba de mais de R$ 2 milh√Ķes de reais deixada pela ex-governadora Roseana Sarney.

A ponte foi inaugurada dia 29 de agosto e bem mesmo antes da inauguração da ponte, a avenida que dá acesso à Ponte que liga o bairro Balandro foi asfaltada uma parte pela empresa Edeconsil (parceira do Governo Comunista) e as rachaduras no asfalto colocado na terra pura começaram aparecer.

A empresa tapou na véspera da inauguração para fazer a miguelagem. Mas após a inauguração da ponte, o asfalto da avenida na altura da barragem no mangue rachou todo, abriram-se crateras e ainda nem choveu. As imagens mostram como está o asfalto colocado pela Sinfra.

Serviço porco, obra cara que foi feita às pressas.

 

 

“A pol√≠tica rigorosa e cheia de rancor est√° deixando a vida do maranhense mais dif√≠cil, ainda sofremos com problemas primitivos”.

Mudan√ßa pra pior: Maura Jorge critica “gest√£o ideol√≥gica” de Fl√°vio Dino

Como pré-candidata a governadora, ex-prefeita aproveitou horário de sua legenda e falou, em inserção do Podemos, que o Maranhão sofre não por falta de recursos, mas de gestão.

Desabafo de ex-prefeita coloca em cheque a relação do Executivo estadual contra os municipalistas, que sofrem pela má gestão encabeçada pelo comunista Flávio Dino do PCdoB.

A ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (podemos), falou durante inser√ß√£o de seu partido que o problema da Sa√ļde do Maranh√£o n√£o √© falta de recurso, mas falta de gest√£o.

Confira abaixo:

 

Operação Pegadores: Enquanto Flávio Dino acusa PF e diz saber de nada, um inocente, práticas do passados são repetidas na atualidade.
Apesar de roubalheira ter acontecido debaixo de seu nariz, Fl√°vio Dino age da mesma maneira do Sarney ao usar as estruturas p√ļblicas para trazer ex-aliados do Sarney para sua reelei√ß√£o.¬†Dino diz que √© contra Sarney, mas adora a companhia dos ex-aliados do Sarney que s√£o os mesmo que “destru√≠ram o Maranh√£o” num¬† passado n√£o t√£o distante.
 Usando aeronaves pagas para combater criminosos, ao lado de políticos tarimbados no grupo Sarney, Flávio Dino demostra que não tem palavra e mudou o discurso.

Fim do uso da m√°quina p√ļblica em elei√ß√£o foi mais uma promessa vazia. Um compromisso feito por Fl√°vio Dino enquanto “proclamava a Rep√ļblica” afirmando que “os le√Ķes n√£o comeriam mais as carnes dos pobres”. Doido quem acredita em fal√°cias de comunistas.


AERODINO: estruturas p√ļblicas inteiras sendo usadas pelo governador que corre para se reeleger sem se preocupar com os preju√≠zos do estado.

 Flávio Dino governando com quem destruiu o estado por 40 anos:
Ex-aliados de Roseana Sarney foram cooptados para serem comunistas: Gastão Vieira, Waldir Maranhão, Fufuquinha, Hildon Marques, Rogério Cafeteira, Pedro Lucas Fernandes, Edivaldo Holanda, Marcos (Play) Caldas, Roberto Costa, Gil Cutrim, Raimundo Cutrim, etc. Gente que sempre esteve com Sarney e Roseana foram cooptados pelo governo.
O comunista Flávio Dino condenou o uso de helicópteros, mas, depois de eleito vive usando em suas viagens eleitorais. Flávio Dino condenou o sarneísmo, mas usa a maquina publica para cooptar apoio de vários aliados de Roseana Sarney.
Fl√°vio Dino condenou o roubo do er√°rio p√ļblico na Sa√ļde, mas, a Pol√≠cia Federal desbaratou um esquema milion√°rio na SES ‚Äď Secretaria de Estado da Sa√ļde do Maranh√£o.
Vale ressaltar que existe uma secretaria de Transpar√™ncia , que segundo a na fal√°cia Comunista foi criada para impedir desvios de verbas p√ļblicas, SQN.
Em tr√™s anos de gest√£o comunista Fl√°vio Dino acumulou esc√Ęndalos: assessora afastada por ‚Äúnegociar‚ÄĚ vantagens com com √≠ndios.
Aluguel de pr√©dio de um membro do PCdoB para ser usado como Casa de apoio a menores infratores (aluguel fantasma) o dono do pr√©dio era funcion√°rio da EMAP e usou o pr√©dio em elei√ß√Ķes para membros do PCdoB.
Aluguel fantasma para funcionária da SES que é filha de desembargador do TJ-MA, a clinica estava fechada e passou um ano sem funcionar, para funcionar o governo pagou toda a reforma. Isso tudo sem que a Secretaria de Transparência desse um pio em nada.
Por fim, uma a√ß√£o da PF, MPF, CGU, flagraram desvios de mais de 18 milh√Ķes e v√°rios cargos fantasmas nas estruturas da SES, sem que a Secretaria de TRANSPAR√äNCIA ou o governador Fl√°vio Dino fizesse algo.
Abaixo, a lista de seus “novos aliados” que s√£o os mesmos que “destru√≠ram o Maranh√£o” e governavam com Roseana Sarney at√© pouco tempo.

Fl√°vio Dino governando com quem destruiu o estado por 40 anos:

Ex-aliados de Roseana Sarney foram cooptados para serem comunistas:

Gastão Vieira, Waldir Maranhão, Fufuquinha, Hildon Marques, Rogério Cafeteira, Pedro Lucas Fernandes, Edivaldo Holanda, Marcos (Play) Caldas, Roberto Costa, Gil Cutrim, Raimundo Cutrim, etc.

Fiquem com a imagem de outra viagem do comunista ao lado de ex-aliados de Roseana Sarney, das muitas que Fl√°vio Dino faz usando aeronaves pagas com dinheiro p√ļblico, que deveriam estar combatendo crime, mas, alega que “est√° inaugurando obras”.

Aerodino: Igual Sarney e Murad?
Continuam as farras de aeronaves pagas pelos contribuintes…

 

Olha aí, prefeito Edivaldo Holanda Jr. é para isso que serve um senador: Zona Rural de São Luís recebe equipamentos adquiridos com emenda de Roberto Rocha.

A prefeitura de S√£o Lu√≠s recebeu essa semana modernas m√°quinas pesadas e equipamentos de √ļltima gera√ß√£o que beneficiam produtores e trabalhadores agr√≠colas da capital. S√£o tratores, retroescavadeiras, semeadoras, caminh√Ķes, pulverizadores e outros ve√≠culos novos, viabilizados por meio de emenda individual do senador Roberto Rocha (PSDB-MA). Elas podem ser utilizadas, principalmente, para auxiliar e fortalecer a agricultura familiar e pequenos produtores.¬† Os recursos na ordem de R$ 877, 5 mil s√£o do Or√ßamento Geral da Uni√£o 2015 e foram indicados em 1¬ļ de julho de 2015, pelo congressista maranhense a ent√£o ministra da Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento, senadora K√°tia Abreu.

No entanto, por muito pouco a prefeitura quase perdeu os recursos. Ao realizar gest√Ķes de acompanhamento das emendas, o senador Roberto Rocha encontrou uma s√©rie de problemas no conv√™nio firmado entre o poder executivo municipal com o minist√©rio. Foi a√≠ que Roberto Rocha alertou o prefeito Edivaldo Holanda J√ļnior (PDT) sobre o andamento dos recursos que estavam amea√ßados de n√£o serem liberados, em fun√ß√£o de uma s√©rie de pend√™ncias apontadas pelo minist√©rio, como a falta de projeto b√°sico.

Para n√£o perder mais tempo e deixar os produtores prejudicados, o senador realizou gest√Ķes pol√≠ticas junto ao Governo Federal para que as an√°lises das pend√™ncias fossem feitas com a maior rapidez poss√≠vel. Em dezembro de 2016 o minist√©rio emitiu a ordem banc√°ria, liberando os recursos para os cofres da prefeitura. Imediatamente, o senador comunicou o prefeito Edivaldo Holanda J√ļnior, que o dinheiro estava liberado para a Secretaria de Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA).

‚ÄúFoi com grande esfor√ßo pessoal e do meu corpo t√©cnico que conseguimos viabilizar esse equipamento para os produtores rurais de S√£o Lu√≠s. Considero isso uma obriga√ß√£o minha. N√£o √© nenhum favor √† cidade ou ao seu prefeito. Espero que fa√ßam √≥timo proveito, em benef√≠cio de nossa popula√ß√£o‚ÄĚ, disse Roberto Rocha.

 

√äxodo¬†maranhense: O PIB caiu e Fl√°vio Dino aumentou os impostos, quer nos transformar numa Venezuela.O pior PIB do Brasil √© do Maranh√£o. Se o PIB cai, piora a condi√ß√£o de vida do maranhense. A arrecada√ß√£o cai e ele inventa impostos. Aumentar impostos faz o Maranh√£o caminhar para o desconhecido, o comunismo quer ‚Äúvenezualizar‚ÄĚ o Maranh√£o. Qual foi a industrial criada nestes tr√™s anos de comunismo em todo o estado?¬†¬†

Mais Impostos: senador tucano afirmou em entrevista à imprensa local, que o governador Flávio Dino fez cair o PIB do Maranhão, porque governa para o comunismo. Como não gerou riquezas, em três anos de governo não criou industrias, o estado do Maranhão terá que arrecadar dinheiro punindo os bolsos dos contribuintes.

Por conta disso, muitos maranhenses deixaram o estado em busca de melhores condi√ß√Ķes de vida.

Roberto Rocha foi enf√°tico ao afirmar que o governador comunista agiu sem pensar o Maranh√£o para o futuro, sem planejar, o comunista quis governar o Maranh√£o por ideologias, por causa disso, o estado tornou-se o pior estado do Brasil, segundo pesquisa que aponta queda do PIB maranhense.

As criticas ao governador Flávio Dino foram feitas durante entrevista num evento da CODEVASF pelo Dia Nacional dos Rios, que aconteceu no Aterro do Bacanga, para um publico juvenil formado poe estudantes de São Luís.

“Me arependo de ter ajudado eleger Flávio Dino governador em 2014, jamais imaginei que ele, como governador, quisesse implantar o comunismo no Maranhão. O comunismo que é contra o capital privado, que é contra a livre iniciativa. Qual a industria que foi criada nesses tres anos?

A arrecada√ß√£o cai e ele inventa impostos. Aumentar impostos faz o Maranh√£o caminhar para o desconhecido, o comunismo quer ‚Äúvenezualizar‚ÄĚ o Maranh√£o.O resultado disso √© que¬† v√°rios maranhenses et√£o indo embora para outros estados em busca de oportunidades. Nosso povo esta saindo do Maranh√£o, estamos indo na dire√ß√£o de uma Venezuela‚ÄĚ.

O pior PIB do Brasil é do Maranhão. Se o PIB cai, piora a condição de vida do maranhense. Qual o distrito industrial que funciona no Maranhão?  

 

1 2 3 4 13