Abusos de poder? O Maranhão vive dias iguais aos do coronelismo…

0

Basta comparar: Maranhão de volta aos abusos de poder  econômico e político?

Começou o “vale tudo” para garantir a eleição que só vai acontecer em outubro de 2018?

Usando e abusando das mídias sociais, dos meios de comunicação tradicionais, observa-se que a principal a mensagem difundida hoje nas mídias tem a ver com a reeleição do líder comunista do maranhão, que está sendo massificada sem interferência dos órgãos reguladores.

Além da massificação eleitoral, há ainda a perseguição a “desafetos políticos”, neste caso, usando, inclusive, emissoras de rádios  e tvs alugadas , para promover perseguição a quem se mostra pré-candidato.

Imprensa no bolso:
Agindo feito coronel, governador mostra seu poder exibindo que possui a legenda de Lula segurando um jornal, esse mesmo jornal nada falou da “comício de Lula”, que abusou das estruturas públicas do governo.

Esse mesmo Flávio Dino que finge ser democrata, que criticava o aluguel dos meios de comunicação para “massificar” a mensagem política/eleitoral do SARNEÍSMO (ou sarneysismo, como dizem) foi o mesmo que prometeu “democratizar” a  comunicação no Maranhão, mas, observa-se o contrário, parece que ninguém tem liberdade para criticar, apenas aceitar aquilo que empurram.

Os abusos econômicos e de poder são muitos e são feitos às claras, sem interferência dos órgãos, dos poderes, que em tese deveriam agir para que as eleições acontecessem, de fato, só no período eleitoral como manda a lei.

Ao lado, um pequeno exemplo dessa “massificação” de informações eleitorais, praticadas a todo instante pelo governo autoritário do comunista Flávio Dino, que faz o mesmo (até pior) daquilo que faziam os “coronéis” nos tempos de “chumbo grosso” das oligarquias do Maranhão. Basta comparar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.