Saudades do corcel: Flávio Dino causa polêmica ao aparecer sem o cinto de segurança…

0

Defensores do comunismo  afirmam que governador estava de cinto (transversal) que não aparece na foto. Situação de usar “cintos transversais”, que causam riscos, foi péssimo exemplo!

Legalista que é o ex-juiz não deveria dirigir um carro que aparentemente está sem o equipamento exigido por leis, logo no Maranhão atual, onde carros são guinchados para um pátio e depois leiloados.

As fotos nas redes sociais ganharam velocidade e todos no Maranhão viram o governador aparentemente sem o cinto de segurança.

Ocorre que alguns partidários do governador, alguns deste que se prestam a perseguir e atacar a honra de outros políticos, encheram  as redes sociais  com o argumento de que o governador estava usando o equipamento de segurança, mas, que na foto não aparecia por se tratar de um assessório que não fica à mostra.

Seria simples, mas, até agora o governador comunista, nem sua equipe de comunicação, nem bajuladores de plantão quiseram mostrar uma foto do CORCEL, carro dirigido ontem pelas ruas de Imperatriz, para esclarecer de uma vez por todos se possui ou não o cinto de segurança transversal.

Em minha opinião, qualquer pessoa que olha o governador sem usar o cinto de segurança logo causa estranheza, afinal, na sua gestão mais de 2.500 carros foram apreendidos e levados para um pátio do Detran, depois leiloados. Acho que Flávio Dino se exibiu sem considerar o mal exemplo que causaria ao público.

Nota:

Sobre o velho corcel dos tempos da UFMA:

Segundo informações postadas nas redes sociais, um antigo estudante de direito que foi contemporâneo de Flávio Dino na UFMA, fez o seguinte comentário:

“Dino estava relembrando o tempo de estudante na UFMA, tempo que só ele tinha carro e dirigia (sem cinto) pelas ruas da UFMA, naquele tempo sua família frequentava o Casarão do Calhau”.

Era saudades. Tá explicado.

Os comentários estão desativados.