Monthly Archives: julho, 2017

Enquanto comunistas calam sobre apoio à ditadura na Venezuela, jornais do mundo inteiro desaprovam golpe de Maduro:

No Brasil, PT, PCdoB, PDT, PSOL deram total apoio ao ditador  Maduro.

Para piorar a imagem do comunismo, até o Jornal El País, de visão esquerdista, desaprova o golpe dado na constituição da Venezuela, que concederá mais poderes ao ditador Nicolás Maduro.

O Deputado Zé Inácio participou na última quarta-feira (26) de ato em defesa dos direitos dos trabalhadores e contra os abusos do Judiciário brasileiro, que aconteceu em frente ao prédio da Justiça Federal, em São Luís.

O ato, que foi organizado pelas centrais sindicais em parceria com a Juventude da FETAEMA, demonstrou a indignação da classe trabalhadora em relação às Reformas Trabalhista e da Previdência, e à permanência do Presidente Temer no comando do país. Além disso, os manifestantes protestaram contra a condenação do ex-presidente Lula, por considerarem injusta, política e seletiva a decisão do juiz Sérgio Moro.

O Deputado Zé Inácio reforçou em seu discurso, durante o ato, a importância dos trabalhadores ocuparem as ruas em defesa dos seus direitos. Destacou também a atuação de setores do judiciário brasileiro, que, segundo ele, vêm perseguindo Lula constantemente com o intuito de impedir o seu retorno à Presidência do Brasil em 2018.

Futi colocou Flávio Dino e Jefferson Portela numa tremenda saia justa…

Policial que recebeu “voz de prisão” em leito de UTI teve quadro clinico agravado. Acabei de saber por um jornalista da Difusora que o estado de saúde do sargente envolvido num tiroteio com seguranças de Núbia Dutra entrou em coma.

Mesmo em estado grave,  numa UTI do Hospital Carlos Macieira, o sargento recebeu voz de prisão. Se tudo der errado, caso morra, como ficarão aqueles que deram voz de prisão no seu leito da morte? Não é nada agradável opinar sobre assuntos relacionados à saúde, situações que inspiram cuidados, mas, neste caso, observa-se que poucos saíram em defesa do sargento.

Pior para o secretário de Segurança, Jefferson Portela, que deu entrevistas falando sobre o caso, dando como solução apenas a prisão do sargento, que teve seu estado de saúde agravado.

Até agora pouco se sabe, pouco se comentou sobre o estado do policial ferido durante tiroteio com outro policial que foi defender a secretária de Planejamento Núbia Dutra em Paço do Lumiar. Segundo as informações governistas, só um lado foi favorecido, o de Núbia Dutra, pouco ou quase nada se falou do policial que fazia sua segurança. Abaixo, trecho do blog do Eduardo Ericeira:

Melhorias ainda não aconteceram nem na cozinha…

Lula Fylho, segundo comentários dos bastidores políticos teria sido uma ordenança direta do Palácio dos Leões,  que exigiu a saída do PMDB.

Após saída de Helena Duailibe (PMDB) da Saúde municipal, os grupos de whatsapp mostraram imagens da refeição servida pela rede pública de São Luís.

O “bandeco” de Lula Fylho (PCdoB)…

Através de mensagem, a Primeira Dama de Paço do Lumiar, Núbia Dutra, apareceu em vídeo nas redes sociais pedindo para “refletir e homenagear a vida”, “socorrer as pessoas e não filmar tragédias”.  

Enquanto isso, apenas o sargento que foi ferido a bala pelos “capangas” de Núbia Dutra recebeu mandado de prisão.

Não é apenas o secretário de Segurança Jefferson Portela (PCdoB), que precisa dar esclarecimentos. O Comando da PM precisa se posicionar sobre o caso onde um policial foi ferido mortalmente por outro policial que, segundo os comentárias naquela cidade “fazia serviço de capanga” para a Primeira Dama do município de Paço na hora da troca de tiros.

Já pensou se a moda pega e todo secretário de Paço do Lumiar contratar policiais armados para fazerem “segurança”? O prefeito comunista trouxe de volta a Paço do Lumiar antigas práticas do “coronelísmo”? Domingos Dutra também precisa esclarecer, sob pena de manchar a legenda do governador Flávio Dino, o PCdoB, que tem se esforçado ao máximo para demostrar que o Maranhão está mudando antigas práticas de tempo dos coronés.

Até agora perguntas continuam sem respostas sobre o caso de “capangas” na região metropolitana de São Luís. Ao que parece a Primeira Dama Núbia Dutra, que exerce cargo municipal de secretária, pagava policiais militares para fazerem sua segurança armada.

Abaixo, imagens da secretária Núbia sendo escoltada pelas ruas de Paço com seus “capangas”:

 

“Ele rouba mas faz”

No Brasil atual é comum ouvir alguns defensores da corrupção justificando que um político é bom quando faz obras, mesmo desviando dinheiro público para aumentar seu patrimônio particular.

Caixas dois, propinas, reeleição. Taí o Lula, ex-presidente condenado, causando a maior vergonha.

Onde está sendo aplicado o dinheiro que seria para asfaltar a cidade?

São Luis é um bom exemplo disso. Muita coisa parece não se encaixar numa gestão que passou anos parada sob a justificativa de ter recebido um rombo do ex-prefeito. Só que no segundo mandato, o prefeito continua sem fazer o minimo, sequer o básico.

O pior disso é observar o governador tentando compensar  a falta de transparência do gestor municipal com obras emergenciais.

Na capital do Maranhão, atualmente governada por Edivaldo Holanda e Flávio Dino, um programa de governo que foi usado em tempos de eleição acabou garantindo a reeleição do prefeito, que ainda hoje, mesmo cobrando rios de dinheiro de impostos como IPVA e IPTU, a população não sabe onde está sendo aplicado tanto dinheiro  arrecadado.

A ideia que passa é que o governador não tem interesse na “transparência” e para justificar a falta dela, quer mostrar que uma “parceria” pode resolver a situação caótica de uma capital que, depois da eleição não consegue asfaltar algumas ruas da cidade, sem o apoio da máquina pública do governo estadual.

Todos perdem quando deixam de fiscalizar e passam a bater palmas. Não adianta apenas apontar o dedo e acusar alguém, no caso, Roseana Sarney de ser pior, se as mesmíssimas práticas ainda acontecem.

Se foi para mudar que Flávio Dino foi eleito governador, mas, pode estar repetindo as mesma práticas do grupo Sarney e do ex-presidente Lula, o ex-juiz Flávio Dino pode estar perdendo sua grande oportunidade de mostrar mudança.

Perdemos nós, eleitores, cidadãos, contribuintes. Sem a devida transparência tudo será como antes: coniventes com o roubo e aceitando a corrupção.

Moro: “Tornar tudo público protege Lava Jato contra obstrução de Justiça”

Do juiz Sérgio Moro, em entrevista à Folha, sobre ter tornado pública a conversa entre Lula e Dilma Rousseff relativa ao envio do termo de posse do petista como ministro:

“A escolha adotada desde o início desse processo era tornar tudo público, desde que isso não fosse prejudicial às investigações. O que aconteceu nesse caso [dos grampos de Dilma e Lula] não foi nada diferente dos demais. As pessoas tinham direito de saber a respeito do conteúdo daqueles diálogos. E por isso que foi tomada a decisão do levantamento do sigilo.

Um efeito indireto ao dar publicidade para esses casos foi proteger as investigações contra interferências indevidas. Afinal de contas, são processos que envolvem pessoas poderosas, política e economicamente. Na prática, pode haver tentativas. Então, tornar tudo público também acaba funcionando como uma espécie de proteção contra qualquer obstrução à Justiça. E isso é muito importante.

Foi seguida a Constituição. Dentro de uma democracia liberal como a nossa, é obrigatório que essas coisas sejam trazidas à luz do dia.(Antagonista)

Um grande encontro para discutir  o potencial da pesca será realizado nos próximos dias 17 e 18 de Agosto, no Maranhão. Quem anunciou a boa nova foi o secretário- adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Márcyo Costa, durante reunião com representantes do IFMA.

O secretário- adjunto, Márcyo Costa de terno à direita

O encontro contará com a participação especial do ex-ministro da Pesca, Altemir Gregolin, que será o palestrante oficial do evento. O encontro tem o objetivo de discutir e capacitar os agentes do setor da Pesca no Maranhão.

De acordo com o secretário- adjunto, Márcyo Costa, esse encontro será de fundamental importância para o setor , uma vez que servirá para capacitar os agentes envolvidos na cadeia de pescados, visando aproveitamento do potencial e valorização  de nossas riquezas naturais.

“Esse encontro será um marco para o setor da Pesca no Maranhão. Serão dois dias de muito aprendizado, capacitação, e sem dúvida nenhuma, os pescadores do Maranhão que irão participar só tem a ganhar”, destacou Márcyo Costa.

O evento ainda deverá reunir todos os agentes envolvidos na cadeia da pesca, assim como criadores de camarão e tilápia.

1 2 3 15