PED/PT 2017: Zé Inácio se articula nacionalmente com o apoio de Lula!

0

O petista integra a mesma corrente interna do Lula, a CNB, e chegou a conversar com o ex-presidente sobre os projetos que defende para o partido nas eleições de 2018 no Maranhão.

O deputado estadual Zé Inácio (PT) participou, na última segunda-feira (24), em Brasília, de uma reunião com lideranças indígenas de todo o país, conduzida pelo Presidente Lula. A nação indígena esteve na capital federal reivindicando demarcação de suas terras que correm riscos de retrocesso com a política do governo Michel Temer (PMDB).

Durante a reunião, as lideranças indígenas pediram o apoio do Lula e da bancada do PT no Congresso para pauta federal e também nos Estados. O ponto principal é o medo da volta da violência contra os índios em várias regiões do país.

Para o deputado, reuniões como essa são imprescindíveis para que permaneça a luta contra o governo golpista. “Não podemos admitir retrocesso na legislação que trata sobre as demarcações de terras indígenas. Já basta a tentativa do governo golpista de extinguir a FUNAI”, enfatizou.

Assim como as lideranças indígenas, diversas centrais sindicais organizam greve geral (ou paralisação nacional) para a próxima sexta-feira, dia 28. De acordo com a organização, esta pode ser a maior mobilização de trabalhadores e de diversos setores da sociedade dos últimos 30 anos no Brasil. O protesto contra as reformas da Previdência e trabalhista e a Lei da Terceirização está sendo convocado por oito centrais sindicais que, juntas, representam mais de 10 milhões de trabalhadores.

Disputa pelo PT/MA e as eleições de 2018

Zé Inácio aproveitou sua passagem por Brasília para fazer algumas articulações políticas visando o fortalecimento de sua liderança no PT.

O deputado concorreu, no Processo de Eleições Direta do PT (PED/PT), a presidente estadual do partido e não obstante ter expressiva votação, a eleição encontra-se sub judice a espera de apreciação de vários recursos que estão sob a responsabilidade da direção nacional do partido. Só a partir do julgamento desses recursos é que saberemos, em definitivo, que vai comandar o PT pelos próximos três anos.

Vale ressaltar, que Zé Inácio integra a mesma corrente interna do Lula, a CNB, e chegou a conversar com o ex-presidente sobre os projetos que defende para o partido nas eleições de 2018, entre os quais a exigência da vaga de vice-governador numa eventual aliança com o PCdoB do governador Flávio Dino. (Robert Lobato)

Os comentários estão desativados.