Eike no camburão: o triste fim de um ostentador…

0

Muita pobreza. Das páginas policiais: Ostentador, Eike, sendo mostrado pela Globo, num camburão. 

Eike Batista: Um bom exemplo a  ser evitado…

No Brasil atual, boa parte da população, princialmente a juventude,  segue uma lógica bizarra: ostentar. Ser o que não é, exibindo como seu, aquilo que não tem.

Não vou me limitar aos blogueiros que tiram fotos em hotéis de luxo para exibir que sabem gastar, nem àqueles que vendem a alma, expondo a situações vexatórias personalidades da política, como foi mostrado recentemente pela novela da Rede Globo, que mostrava um jornalista fofoqueiro que ganhava muito dinheiro com seu blog extorquindo personalidades.

Curuzes!Juro que não estou falando de ninguém de nossa cidade.

Mas, o final melancólico do ostentador, Eike Batista, que teve livre acesso aos políticos de Brasília, Rio, também do Maranhão, foi pego em esquemas de corrupção e foi parar na cadeia. O pobre coitado, sequer tem formação superior, mas, ostentava horrores. Quanta pobreza!

Eike, que era mostrado em mansões, carrões, aviões (incluindo na lista, uma atriz da Globo), agora estampa as capas dos jornais. Das páginas policiais: ostentador, Eike Batista, sendo mostrado pela Globo, num camburão.

Os comentários estão desativados.