O incômodo de “Don Barrigon”…

0

Já era esperado o desconforto causado nas redes sociais: 2016 não foi chato, foi baixo…

O simples fato de cobrar os governantes para que cumpram seu dever, papel este que antes era exercido pelos combativos jornalistas, mas que hoje, a grande maioria se encontra à beira da falência moral, ao ponto de se deixarem patrulhar como se fossem folhetins de uma ridícula “boticaosfera”. 

Quer dizer que cumprir seu papel social virou chatice? Cobrar  políticos sem deixar-se manipular é coisa de um recente passado, pelo visto.

Pior é quem usa estruturas públicas para ordenar detonações contra desafetos e manchar a reputação de políticos, como visto nas eleições de 2016, ano que  a baixaria eleitoral foi para o nível do esgoto através do abuso dos meios de comunicação promovida por quem anunciou a “comunicação democrática”.

Por causa da baixaria, que comprometeu pessoas honradas , a exemplo de Eliziane Gama, Wellington do Curso e Braide, que foram escrachados pela baixaria e acabaram perdendo a eleição.

É contra isso que luto, por isso não me calarei, mesmo sendo chamado de “chato”.

2017 será chatíssimo!!!

Avante, contra as baixarias da ratosfera!

Os comentários estão desativados.