Monthly Archives: agosto, 2016

O candidato a prefeito de São Luís, Wellington 11 (PP), defendeu a união dos prefeitos da Grande Ilha com o objetivo de trabalharem juntos para atender as necessidades das populações da capital, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.wel1

Em entrevista ao jornalista Adalberto Júnior, da Rádio Universidade FM, Wellington garantiu que uma das suas primeiras medidas como prefeito, em janeiro de 2017, será convidar os gestores dos demais municípios para firmar um pacto de união e traçar ações conjuntas que possam ser executadas, principalmente nas chamadas regiões limítrofes.

“Não existe um muro separando as cidades. Por conta disso, é inadmissível que, até o momento, as prefeituras ainda não tenham executado ações conjuntas e efetivas. Somente unindo forças, trabalhando de forma parceira também com o governo do estado, será possível avançar”, comentou.

Como parlamentar, Wellington mantém presença constante nas cidades da Ilha e conhece bem a realidade dos bairros.

De acordo com ele, é mais do que viável as prefeituras trabalharem juntas nos setores da limpeza pública, iluminação pública, transporte escolar, saúde e infraestrutura, por exemplo.

“Existem vias que cortam três municípios. Muitas delas estão em estado deplorável de abandono. Se as prefeituras agissem em parceria, poderiam gastar muito menos e recuperá-las de forma mais rápida e eficiente. É isso que farei como prefeito de São Luís: conclamar a união de todos, prefeitos e governo do estado, para que, juntos, possamos trabalhar em favor de todos que moram na Ilha”.

Saúde e educação – Wellington 11, durante a entrevista, apresentou soluções que também poderão retirar da situação de caos os setores da saúde e educação.

“A maioria das escolas de São Luís está em completo estado de abandono, assim como a rede municipal de saúde. Iremos reformar e ampliar as unidades de ensino e construir novas, inclusive em tempo integral. Iremos valorizar os professores, oferecendo a eles não somente benefício salarial, mas também melhores condições de trabalho. Recuperaremos os postos de saúde, investindo fortemente na atenção básica; dentre várias outras ações”, disse.

Wellington voltou a afirmar que o cidadão ludovicense está cansado do discurso ultrapassado envolvendo situação x oposição e deseja que o próximo prefeito seja um gestor que realmente tenha capacidade para resolver os problemas da cidade.

“Trabalho desde os 14 anos, sempre estudei em escola pública e tudo que consegui até hoje foi com muito esforço e trabalho. Sou um empreendedor nato, conheço as necessidades de São Luís e tenho propostas concretas para atendê-las”, finalizou.

Igreja de Cristo se une contra ensinamentos antibíblicos liderados por políticos comunistas:

Eleito pelo PTC, o prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior, trocou de legenda para um partido que apoia casamento gay e ideologia de sexo, defende, inclusive, que a bíblia seja riscada algumas passagens que falam de homossexualismo.igreja3

Em algumas cidades do Brasil, a igreja de Cristo mostrou a cara, se posicionou contra a questão e foi para o combate, mas, o comunista voltou atrás e disse que era “boato”. (entenda aqui).

Como cristão, tive que me posicionar contra os políticos que odeiam a igreja de Cristo no Brasil, o PCdoB, o PT, o PDT, claramente falaram durante todo o mandato de Dima (no total 6 anos) contra os ensinamentos bíblicos, sendo a favor do casamento gay, ideologia de gênero, doutrinação politica nas escolas e universidades, etc.

Assuntos, aliás, que nosso irmão em Cristo parece não se posicionar, pelo menos, publicamente. A igreja de Cristo, vai deixar de cobrar um posicionamento? Com a palavra nossos irmãos da igreja Batista.

Abaixo, uma postagem que levantou a questão, retirada do blog do Diego Emir:

igreja

Senadores se desentenderam e bateram boca no final da manhã desta quinta-feira (25), no primeiro dia de julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff no processo de impeachment, após a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmar que “metade do Senado” não tem moral para julgar a petista (assista ao vídeo aqui).

Senadores favoráveis ao impeachment se irritaram com a declaração de Gleisi e teve início um bate-boca generalizado fora dos microfones da sessão.

O primeiro a responder à declaração de Gleisi foi o líder do DEM, Ronaldo Caiado. Em tom irônico, o parlamentar goiano interrompou a senadora petista e afirmou que ele e os outros parlamentares da Casa não eram “assaltantes de aposentados”, referindo-se à prisão do ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, marido de Gleisi, que foi preso sob acusação de envolvimento em um esquema de corrupção que teria desviado R$ 100 milhões dos funcionários públicos federais que fizeram empréstimo consignados.

Gleisi, então, também alfinetou o líder do DEM. “É [assaltante] de trabalhador escravo”, rebateu a petista, fazendo referência ao fato de Caiado ser produtor rural em Goiás.

Um dos mais combativos aliados de Dilma, Lindbergh Farias entrou na discussão e acusou Caiado de ter ligação com o contraventor goiano Carlos Augusto Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira.

Acusado de comandar uma quadrilha que explora jogos de azar em Goiás, Cachoeira foi preso em junho pela Operação Saqueador, da Polícia Federal (PF), sob suspeita de envolvimento em um esquema de lavagem de R$ 370 milhões desviados dos cofres públicos.

“Sua ligação é com o Carlinhos Cachoeira”, gritou Lindbergh, no momento em que o senador do DEM ironizava o marido de Gleisi.

“Demóstenes [Torres, senador cassado por suspeita de envolvimento com Carlinhos Cachoeira] sabe da sua vida”, continuou o senador petista.

“Tem que fazer antidoping. Fica aqui cheirando, não”, provocou Caiado.

Integrante da bancada do PT, a senadora Fátima Bezerra (RN) também entrou no bate-boca e afirmou que líder do DEM não podia “falar mal do PT”.

Para conter os senadores, o presidente do Supremo decidiu interromper a sessão por cerca de cinco minutos.

Quando a sessão foi retomada, Gleisi concluiu sua fala e ressaltou que, na opinião dela, os senadores não tinham moral para julgar a presidente afastada.

Fonte: G1

Mudança do Maranhão é desmentida pela Globo. No final da reportagem, apresentadora da Globo alfinetou Flávio Dino…

Rede Globo mostra sofrimento dos pacientes renais que para sobreviver precisam viajar horas de ambulâncias ou micro ônibus para fazerem hemodiálise em hospitais distantes.

A mesma crueldade de sempre: Pacientes de hemodiálise  precisam fazer viagens de até 5 horas, percorrendo cerca de 154 mil km, de Chapadinha até São Luís, para procedimento em clinicas especializadas. O trajeto é cansativo, muitos pacientes passam até fome.

Como se observa, a “mudança” prometida em campanha só acontece nas propagandas do governo dos comunistas, ou seja, a mudança “meia boca” de Flávio Dino.

“O governo do Maranhão anunciou que vai construir uma unidade de hemodiálise em Chapadinha e mais cinco municípios, só não informou prazo para entregar essas unidades”, desabafou, sensibilizada, a apresentadora global, Giuliana Morrone.

Não dá para entender onde os comunistas estão enfiando tanta verba da Saúde, tanto dinheiro arrecadado de impostos.

Outro que se sensibilizou foi o deputado federal Zé Reinaldo (PSB) que teve que chamar a atenção do governador, para que tenha piedade dos doentes que precisam de tratamento.

Veja abaixo o recado no twitter:

insensivel

Abaixo, vídeo da reportagem mostrando a vergonha do Maranhão e a humilhação dos nossos irmãos maranhenses:

 Com decisão, todos os 32 candidatos a vereador da coligação “Avante Ribamar” estão sub judice.

cupim

A juíza eleitoral Teresa Cristina de Carvalho Pereira Mendes, titular da 47ª Zona Eleitoral, barrou, nessa quarta-feira 24, a tentativa do prefeito de São José de Ribamar, Gilliano Fred Nascimento Cutrim, o Gil Cutrim (PDT), de movimentar R$ 8,9 milhões em pleno período eleitoral.

A decisão, em caráter limiar, foi proferida em atendimento a uma representação proposta pela coligação “Juntos Vamos Construir Ribamar” contra a coligação “Avante Ribamar”, Banco do Brasil S/A, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Gil Cutrim, por prática de transferência voluntária de recursos em período vedado pela legislação eleitoral. Ambas as coligações são compostas apenas de candidatos a vereador. Continue lendo aqui:

(Do blog Ribamar online)

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou, na manhã de hoje (24), dois Projetos de Lei em defesa das crianças do Maranhão, ao fazer referência ao intitulado dia da infância. Um dos projetos institui a Semana de Proteção à Infância; o outro dispõe sobre penalidades aos que praticam exploração do trabalho infantil.wellingtonhum-crianca

Ao fundamentar os projetos, Wellington destacou o papel do Estado e da sociedade como protetores das crianças, sobretudo, no combate ao trabalho infantil e à exploração sexual.

“Hoje é considerado o dia da infância, mas nós não podemos esquecer que nossa luta em defesa dos direitos da criança e do adolescente ocorre todos os dias. Ao defendermos a infância, é necessário lutarmos contra várias violações, a exemplo do trabalho infantil e da violência sexual. Segundo pesquisas divulgadas em 2014, no ranking do trabalho infantil no Brasil, o Maranhão ocupa o terceiro lugar. Em relação à violência sexual, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), em 2015, mais de 603 denúncias de violência contra crianças e adolescentes foram registradas em todo Maranhão. Por sabermos dessa realidade, apresentamos projetos com o intuito de proteger e defender os direitos de nossas crianças e, assim, o futuro de nosso estado”, ressaltou Wellington.

ENTENDA OS PROJETOS:

Um dos projetos dispõe sobre as penalidades impostas àqueles que praticam a exploração do trabalho infantil no âmbito do Estado do Maranhão. As pessoas jurídicas de direito privado que forem flagradas na prática de exploração do trabalho infantil sofrerão sanções, sem prejuízo do disposto na Lei Federal 8.069, de 13 de julho de 1990 e demais legislações pertinentes. Entre as sanções, tem-se a aplicação de advertência, por escrito, na primeira autuação, com prazo de 30 (trinta) dias para adequação à legislação pertinente e encerramento do trabalho ilegal; e, em caso de reincidência, a imposição de multa. A arrecadação oriunda da aplicação de multa será destinada ao Fundo Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente com o intuito de desenvolver ações preventivas e erradicação do trabalho infantil.

Projeto que institui a Semana Estadual de Proteção à Infância

Tem por objetivo conscientizar a população através de procedimentos informativos, educativos, organizativos e palestras, a fim de que a sociedade venha a compreender a necessidade de se erradicar o trabalho infantil, combater a exploração sexual e, assim, garantir os direitos sociais assegurados às crianças, como educação, saúde, esporte e lazer. (Diego Emir)

Vinícios Louro acusa Fábio Macedo de ser “importado” do Piauí, Macedo acusa Louro de ser filhinho mimado, que serve de marionete do pai…

Filhinhos mimados: um bate boca entre deputados mostrou que se prestam apenas para bajular Flávio Dino em troca de verbas e obras…

Nas acusações, os deputados falavam das verbas enviadas, asfalto, e programas do governo, que estavam sendo usadas nas cidades para favorecer seus eleitores. Os deputado, Vinícios Louro (PR) e Fábio Macedo (PDT) trocaram agressões verbais na Assembleia durante entrevista na Difusora.

Filhinho$ de papai

Filhinho$ do papai

Era só o que faltava, depois de baixarem o nível do parlamento estadual, trocando acusações, dois deputados trocaram farpas na TV Difusora, que pertence ao suplente de senador, Edinho Lobão (PMDB) e está alugada para o deputado Weverton Rocha (PDT).

A TV Difusora, pertencente ao complexo de emissoras de Lobão, que vive reproduzindo as caras e lucrativa$ peças publicitárias do governo do estado e da prefeitura de São Luís, se prestou ao ridículo de servir como ringue para dois deputados.

Os dois deputados, que estão em primeiro mandato, que são filhos de ex-deputados, trocaram acusações graves, e ainda mostraram que vivem para bajular o governador. O terceiro round acontecerá, tudo indica, na sessão desta quinta-feira.

Nota: daqui a pouco mostrarei o áudio contendo as acusações.

Cai a máscara do governador que vivia culpando os governos passados, São Luís foi mostrada como a cidade mais violenta do Brasil.

Profissão Repórter desfaz publicidade enganosa dos comunistas e mostra que os “investimentos” anunciados são irrisórios, o governo perdeu a força contra as facções criminosas, que já estão dominando mais que o governo. Bandidos vivem explodindo bancos, executam, matam, traficam em plena luz do dia não apenas na capital, mas nas 217 cidades do estado.violencia

Mesmo durante a apresentação do programa as publicidades do governo não cansavam de mostrar uma realidade inexistente, a peça publicitária dizia que o governo investe em viaturas, na contratação de policiais, blá, blá, blá, mas não resolvem o problema.

Pistolagem: Bastou uma pequena volta na ambulância da SAMU para o repórter observar que a violência está descontrolada, isso, devido à falta de ação do Estado.

Acompanhe um trecho retirado do programa dessa noite:

Em São Luís, no Maranhão, o repórter Estevan Muniz esteve acompanhando uma equipe do Samu que foi socorrer um rapaz baleado. São Luís passou a ser a capital mais violenta do país, a taxa de homicídio é de 90 para cada 100 mil pessoas. A média nacional é de 29 mortes a cada grupo de 100 mil.

Renato Sérgio de Lima, historiador que preside a Sociedade Maranhense dos Direitos Humanos, aponta que a chegada de facções criminosas vindas do sudeste do país é a principal causa do aumento da violência em São Luís. “No período do começo dos anos 2000 até 2014 experimentou-se uma onda de violência relacionada à expansão do crime organizado com uma nova configuração das facções criminosas que se organizaram, em primeiro lugar, dentro do sistema prisional, e também fez conexão com facções nacionais colocando a cidade em uma situação de disputa de territórios”, afirma.

Nota do blog:

Acordo com facções:

Pesa contra a atual gestão um possível acordo para “manter  a paz” dentro dos muros de Pedrinhas, presidio que ficou conhecido mundialmente na gestão passada da governadora Roseana Sarney, pelas decapitações.

Recentemente, houve prisão de uma quadrilha e drogas foram apreendidas, bastou isso para voltarem os ataques a ônibus, que foram incendiados, e a desconfiança desse acordo ganhou notoriedade nos bastidores políticos.

Confira no vídeo:

Já completa um mês a queda da ponte, em Icatu, localizada entre os povoados Boa Vista e Salgado, sem que as autoridades municipais tomem providências.ponte

A ponte, que passa por cima do Rio Amazonas, dá acesso a mais da metade dos moradores do município, e há um bom tempo já precisava de reparos. O rio sofre influência da maré, portanto, ninguém passa ou transporta nada, quando a maré enche. Dessa forma, a população está isolada e literalmente pedindo socorro, pois os idosos e doentes não conseguem atravessar.  pote 2

Não é à toa que a rejeição ao prefeito Dunga aumenta em Icatu. Desde o início deste ano, internautas do município tem usado as redes sociais para denunciar o descaso para com os Icatuenses.

Ainda este mês, o prefeito Dunga foi manchete por ter extraído vegetação nativa do povoado de Serraria, de forma irregular, para fazer pontes em outros municípios.

Entretanto, as pontes do município no qual é gestor caem, tamanho é o descaso com a população. (Genivaldo Abreu)

Um túnel foi descoberto na noite desta terça-feira (23) dentro do Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato, mais conhecido como Cadeia Pública de Natal. A unidade, que fica na Zona Norte da cidade, possui atualmente 570 detentos. Destes, 230 estão no Pavilhão A, de onde partiu o túnel. Não houve fuga. O vídeo acima, gravado pela câmera de um aparelho celular, mostra que a escavação já estava bastante avançada.

nicialmente, foi informado que o túnel tinha cerca de 30 metros. Após uma nova medição, chegou-se à constação que o túnel tem cerca de 100 metros.

Diretora da unidade, Dinorá Simas disse ao G1 que a escavação já estava tão extensa que o calçamento cedeu no meio da rua. “Foi por causa disso que descobrimos o plano de fuga. A informação que nós temos é que o túnel iria sair dentro de uma casa”, revelou.

Ainda de acordo com Dinorá, uma retroescavadeira será enviada ao presídio na manhã desta quarta (24) para destruir a estrutura construída pelos presos. “Vamos fazer desmoronar a escavação e concretar abertura do túnel”, afirmou a diretora. Antes, ainda de acordo com a diretora, agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE) – unidade de elite da Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc) – farão uma em busca de outras possíveis escavações.

Fonte: G1

1 2 3 4 5 6 17