Síndrome de Michel Temer? Comunista expurga vice-governador e auxiliares…

0

Marcio Jerry torna público que pretende boicotar vice de Flávio Dino e outros políticos…

Não é de agora que o governador Flávio Dino vem sendo disputado por parte de seus subalternos. No caso específico, a posição de auxiliá-lo de perto, como homem de confiança não pertence ao vice-governador, Carlos Brandão (PSDB) muito menos o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), sobrinho do ex-governador Zé Reinaldo, que fez de Flávio Dino governador.

Paranoia do golpe...

Jerry e a paranoia de afastar Brandão por causa do “golpe”…

Mas, pasmem, do secretário de Comunicação, conhecido como o “todo poderoso”. A justificativa seria “o golpe” dado por Temer em Dilma. Mas, a verdade é que essa paranoia do comunista, de afastar aliados já é conhecida desde que foi secretário municipal de Imperatriz.

Pois bem, no final da tarde desta terça-feira, 30, o aglomerado de emissoras pertencentes ao senador Lobão, Sistema Difusora, que atualmente estaria alugado para o deputado federal Weverton Rocha (PDT) que teria pago com seu salário os alugueis das emissoras até o final das eleições de 2016.

A rádio “paga por Weverton” atualmente é pautada pelo secretário de Comunicação. Marcio Jerry estaria agindo ao seu antigo estilo de mandar recados quando foi secretário de Jomar Fernandes, em Imperatriz, usando a “rádio peão”.

Segundo os locutores do programa Ponto & Virgula, que todos sabem, seguem ordenanças diretas do secretário de Comunicação Márcio Jerry, o vice-governador, Carlos Brandão, seria uma espécie de Michel Temer e, como  “vice não merece confiança”, portanto, deverá ser afastado de Flávio Dino. E tome conspirações.

Ouça um trecho da rádio peão, enviado ao blog, clicando abaixo:

Os comentários estão desativados.