Monthly Archives: agosto, 2016

O maranhão se vingou de Lula…

Quando todos no governo comunista gritavam por Dilma, apenas eu levantei a voz pela defesa da democracia verdadeira, pois, os comunistas tupiniquins, esqueceram que Lula, abraçado a Sarney cassou Jackson Lago, que desceu à sepultura com esse triste episódio.

Passaram dias, meses, anos…. Até que, Lula, quem diria, pagou na mesma moeda.

Deixarei com os meu conterrâneos, que sofreram, choraram, um bom momento para lembrar de Jackson, postagem feita ainda no inicio deste ano. (reveja aqui)

jacks

Lula vive o mesmo inferno astral de nosso governador Jackson Lago, que foi cassado. Aproveito o momento para relembrar o triste momento da cassação absurda que sofreu o governador do PDT, que foi traído por Lula, que preferiu abraçar a “direita”.

Num linguajar maranhense, as únicas palavras que posso dizer ao ex-presidente Lula, que traiu o pedetista Jackson Lago, e abraçou a família Sarney:

“Tu é besta”

Rarararara, eita felicidade, valeu!!!!

Acompanhando os votos anteriores, nos quais se posicionou pela admissibilidade do processo, o senador Roberto Rocha (PSB-MA) votou pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.rr

Rocha votou com os outros dois senadores do Maranhão pelo impeachment, mas, defendeu a manutenção dos direitos políticos da ex-presidente. Confira no vídeo as variáveis que tomou para decidir seu voto.

O assunto foi motivo de debate intenso em plenário e Roberto Rocha se manifestou em defesa da manutenção dos direitos políticos da ex-presidente.

O senador respondeu aos argumentos de que mesmo que o Senado afastasse a inabilitação Dilma não poderia ser eleita novamente nos próximos oito anos por conta da Lei da Ficha Limpa, que proíbe candidatura de pessoas condenadas por órgãos colegiados.

“A Lei da Ficha Limpa não alcança a presidente da República, e nem poderia fazê-lo, pois já tem previsão constitucional em caso de impeachment.”

 

201608300005237432_apO plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (31), por 61 votos favoráveis e 20 contrários, o impeachment de Dilma Rousseff. A presidente afastada foi condenada sob a acusação de ter cometido crimes de responsabilidade fiscal – as chamadas “pedaladas fiscais” no Plano Safra e os decretos que geraram gastos sem autorização do Congresso Nacional, mas não foi punida com a inabilitação para funções públicas. Com isso, ela poderá se candidatar para cargos eletivos e também exercer outras funções na administração pública.

A posse de Temer na Presidência da República vai ser realizada, às 16h, no plenário do Senado.

A decisão de afastar Dilma definitivamente do comando do Palácio do Planalto foi tomada na primeira votação do julgamento final do processo de impeachment. A pedido de senadores aliados de Dilma, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, decidiu realizar duas votações no plenário.

A primeira, analisou apenas se a petista deveria perder o mandato de presidente da República.

Na sequência, os senadores apreciaram se Dilma devia ficar inelegível por oito anos a partir de 1º de janeiro de 2019 e impedida de exercer qualquer função pública.

Na votação, 42 senadores se posicionaram favoravelmente à inabilitação para funções públicas e 36 contrariamente. Outros 3 senadores se abstiveram. Para que ela ficasse impedida de exercer cargos públicos, eram necessários 54 votos favoráveis.

Fonte: G1

Olha só quem levou um “pé na bunda” …

Dino foi barrado...

Dino foi barrado…

Para a primeira viagem do presidente Temer, que deverá ser efetivado no cargo após impeachment de Dilma à República Popular da China, um nome foi vetado para fazer parte da comitiva presidencial: o de Flávio Dino.

Fontes dos corredores do Palácio da Alvorada informam que houve uma tentativa do governador comunista em fazer parte da comitiva, mas, foi descartada pelo cerimonial presidencial de imediato.

 A comitiva presidencial, formada com a presença de políticos, senadores e deputados, teria sido sugerida a presença do único governador comunista da República do Brasil, mas, de imediato, foi descartado.

Entre tantos nomes, o governador comunista, Flávio Dino, por ordens superiores, foi barrado.

A China como todos sabem é uma república socialista, governada pelo Partido Comunista da China (PCC) sob um sistema uni partidário. Resta a dúvida, por qual motivo o representante de nosso estado teria sido expulso da comitiva de Temer?

Abaixo uma foto do governador Flávio Dino em encontro recente com o ministro conselheiro da China, Wang Wei, em terras maranhenses.

Governador barrado...

Governador teria combinando viagem com ministro da China

Marcio Jerry torna público que pretende boicotar vice de Flávio Dino e outros políticos…

Não é de agora que o governador Flávio Dino vem sendo disputado por parte de seus subalternos. No caso específico, a posição de auxiliá-lo de perto, como homem de confiança não pertence ao vice-governador, Carlos Brandão (PSDB) muito menos o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), sobrinho do ex-governador Zé Reinaldo, que fez de Flávio Dino governador.

Paranoia do golpe...

Jerry e a paranoia de afastar Brandão por causa do “golpe”…

Mas, pasmem, do secretário de Comunicação, conhecido como o “todo poderoso”. A justificativa seria “o golpe” dado por Temer em Dilma. Mas, a verdade é que essa paranoia do comunista, de afastar aliados já é conhecida desde que foi secretário municipal de Imperatriz.

Pois bem, no final da tarde desta terça-feira, 30, o aglomerado de emissoras pertencentes ao senador Lobão, Sistema Difusora, que atualmente estaria alugado para o deputado federal Weverton Rocha (PDT) que teria pago com seu salário os alugueis das emissoras até o final das eleições de 2016.

A rádio “paga por Weverton” atualmente é pautada pelo secretário de Comunicação. Marcio Jerry estaria agindo ao seu antigo estilo de mandar recados quando foi secretário de Jomar Fernandes, em Imperatriz, usando a “rádio peão”.

Segundo os locutores do programa Ponto & Virgula, que todos sabem, seguem ordenanças diretas do secretário de Comunicação Márcio Jerry, o vice-governador, Carlos Brandão, seria uma espécie de Michel Temer e, como  “vice não merece confiança”, portanto, deverá ser afastado de Flávio Dino. E tome conspirações.

Ouça um trecho da rádio peão, enviado ao blog, clicando abaixo:

PGE entrou com um agravo de instrumento contra liminar que favorecia peemedebista

Atual7 – O candidato a prefeito de São José de Ribamar com registro pendente, Júlio César de Sousa Matos (PMDB), recebeu um balde de água fria na última sexta-feira 26, e deve ficar fora da disputa no pleito eleitoral deste ano.julinho-ficha-suja-ribama

Com duas contas rejeitas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão, Julinho, como é mais conhecido, conseguiu solicitar o registro de candidatura ao ficar de fora da lista dos inelegíveis do TCE, divulgada no início do mês, por conta de duas liminares que conseguiu em primeira instância.

Na sexta, contudo, veio a bomba.

Atendendo a um agravo de instrumento da Procuradoria Geral do Estado (PGE) do Maranhão, a desembargadora Ângela Salazar acatou o recurso e cassou uma das liminares.

Com a decisão, Julinho volta a ser considerado ficha suja e inelegível, de acordo com a Lei da Ficha Limpa.

Segundo a PGE-MA, se não fosse cassada a liminar favorável a Julinho, estaria sendo permitida a participação no pleito eleitoral de um agente público que teve suas contas consideradas irregulares, o que certamente ocasionaria lesão grave e de difícil reparação aos cidadãos.

Na decisão, a própria desembargadora Ângela Salazar afirma que acatava o recurso “com vistas à preservação do interesse público”.

Golpe? Senadora explica fraude fiscal/eleitoral que destituiu Dilma do poder…

Em suas palavras a senadora explica os riscos da implantação e expansão do comunismo/socialismo no Brasil.

sen simone tebet

Senadora esclarece os rombos deixados pelo PT, das pedaladas, crimes de responsabilidades e desvios de verbas nas economias do Brasil. “PT cortou no ano passado todos os programas sociais porque ficou sem dinheiro”.

Senadora desmistifica o “nós e eles” do PT, “partido que rasgou a Constituição e as leis de responsabilidade ficais”.

“Estamos desmistificando uma tese que o PT quis imputar na mente do povo brasileiro de que há divisão do povo brasileiro. Vossa excelência diz que a Dilma vai ser cassada por um” fatozinho”, mas eu vou explicar esse “fatozinho”…

Confira no vídeo:

O candidato a prefeito da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington 11 (PP), participou, na noite da última segunda-feira (29), de um grande ato político no Coroadinho que marcou o lançamento da candidatura de Nato Júnior (PP) ao cargo de vereador.wellington post

Na oportunidade, Wellington garantiu que, como gestor da capital, executará uma política pública eficiente de valorização dos servidores municipais, com aplicação correta e justa de reposição salarial, e baseada na eficiência da prestação dos serviços à população.

“O que verificamos, hoje, são servidores desmotivados, sendo vítimas de uma administração que não investiu em valorização e na execução de ações motivacionais que melhorassem a prestação dos serviços. No nosso governo, a partir de janeiro, será diferente. Entendemos que o funcionalismo é fundamental para que possamos fazer com que São Luís avance”, disse o candidato progressista destacando, também, o setor educacional como outra prioridade do seu governo.

A fala de Wellington foi em resposta à pergunta de uma eleitora, servidora municipal de São Luís, insatisfeita com o atual prefeito, que deu apenas 2% de reajuste para o servidor. Para ela, a prova de que o prefeito não valoriza o cidadão.

O evento contou com a participação de centenas de moradores de bairros vizinhos; e de lideranças políticas que apoiam a candidatura de Wellington 11, dentre eles o deputado federal e presidente estadual do PP, André Fufuca; os vereadores Chaguinha (PP) e Nato (PRP).

Fufuca destacou a trajetória vitoriosa de Wellington, pautada na humildade, trabalho e comprometimento.

welinton post2De acordo com o parlamentar, o candidato progressista é o melhor nome para governar São Luís porque, verdadeiramente, conhece as necessidades do povo e tem propostas concretas para a capital.

Nato e Chaguinhas também falaram sobre o perfil trabalhador e empreendedor de Wellington.

“Wellington é o verdadeiro retrato do ludovicense. De família humilde, sempre estudou em escola pública e venceu na vida com muito trabalho, nunca precisando de apadrinhamento. É um político preparado e que fará uma grande administração à frente da prefeitura de São Luís”, afirmaram.

Wellington 11 agradeceu o apoio e carinho dos presentes. Ele atribuiu o crescimento da sua campanha ao sentimento de renovação que pulsa nos corações das pessoas.

“São Luís precisa de um gestor presente, que resolva os problemas de forma inovadora. É desta forma que iremos trabalhar por nossa gente a partir do ano que vem”.

O deputado Zé Inácio utilizou a tribuna na manhã desta terça-feira para falar sobre o acompanhamento de algumas candidaturas a prefeito (a) em diferentes municípios do Estado. “Faço questão de destacar que no último domingo (28), no município de Bequimão, nós acompanhamos uma grande caminhada e uma passeata que finalizou com comício e discursos na praça central da cidade”, disse.inacio1

Zé Inácio abordou as intenções de voto da população bequimãoense. “A população vem reconhecendo o trabalho do prefeito José Martins, que tem mais de 70% de aprovação. As intenções de votos demonstram claramente que, além do reconhecimento da sua gestão, a população de Bequimão, na sua grande maioria, está apoiando a reeleição do prefeito José Martins, que tem o nosso companheiro Magal, do Partido dos Trabalhadores, como vice na chapa”, afirmou.

O deputado destacou o apoio da militância na campanha. “A reeleição com certeza será vitoriosa no dia 02 de outubro, não só pelo apoio popular, mas pelo apoio da nossa militância, aguerrida, do Partido dos Trabalhadores”, destacou.

 Outro destaque feito na tribuna foi a intenção de voto em Santa Luzia. “A pesquisa eleitoral, registrada no TSE, nº 5623/2016, aponta o índice de aceitação, ou seja, o índice de intenção de voto no município Santa Luzia. No confronto entre os candidatos, a França do Macaquinho pontua com 41% na pesquisa induzida. Seu adversário, que está em segundo lugar, aponta com 18%, e o que está em 3º aponta com 3%”, falou.

inacio2Zé Inácio tratou sobre o confronto direto no munícipio. “No confronto direto entre os principais candidatos, a eleição em Santa Luzia se dará de forma polarizada entre a França e o candidato do atual prefeito, que conta com uma rejeição altíssima.

A França tem 43% e seu principal adversário 19%, ou seja, uma diferença de mais de 24%, o que demonstra o apoio popular, fruto do reconhecimento e da competência da França, que será a primeira mulher a administrar Santa Luzia”, discorreu.

1 2 3 17