JANOT DISPARA CONTRA GILMAR E NEGA VAZAMENTOS: “IDEIA ESTAPAFÚRDIA”

0

Gilmar: Quem exerce funções legais não pode sair cometendo ilegalidades”, afirmou o ministro do STF em entrevista nesta sexta-feira.  Na ocasião, Gilmar também criticou o vazamento, avaliando-o como uma “brincadeira” com o tribunal e um “abuso de autoridade claro”. Questionado se estava se referindo à PGR, disse que a declaração era destinada a qualquer envolvido com esse tipo de vazamento: “Quem estiver fazendo isto está cometendo crime”.

Durante encontro com representantes do Ministério Público em Brasília, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, rebateu, sem citar nomes, o que chamou de “insinuações maledicentes” feitas pelo ministro do STF Gilmar Mendes, que insinuou que Janot teria vazado para a mídia a informação de que pediu a prisão da cúpula do PMDB; “Figuras de expressão nacional, que deveriam guardar imparcialidade e manter decoro, tentam disseminar a ideia estapafúrdia de que o Procurador-Geral da República teria vazado informações sigilosas para, vejam o absurdo, pressionar o Supremo Tribunal Federal e obrigá-lo a decidir em tal ou qual sentido, como se isso fosse verdadeiramente possível”, disparou o Chefe da PGR Rodrigo Janot. 

Os comentários estão desativados.