Monthly Archives: maio, 2016

A cultura popular perdeu um dos seus maiores artistas. Ex√≠mio percussionista, m√ļsico talentoso e compositor que tornou letras inesquec√≠veis.IMG-20160526-WA0083

Aos 68 anos, José de Ribamar Viana, o Papete, faleceu nesta madrugada (28), mas sua obra está eternizada no imaginário dos maranhenses.

Natural de Bacabal, Papete fez fama no Maranh√£o e fora do pa√≠s com suas belas can√ß√Ķes. Ganhou o Brasil e passou a ser reconhecido como um artista nacional, mas sem esquecer suas origens e cantar as belezas e a cultura maranhense.

Hoje é um dia triste. Mas o seu legado vai permanecer vivo. Que Deus conforte a família, os amigos e seus admiradores.

Wellington do Curso

Deputado Estadual

Com o voto da bancada do PSB, municípios maranhenses terão 20% das vendas de bens da União:

Com o voto dos senadores do PSB, nosso estado terá inclusão de repasses na lei que beneficiará diretamente São Luís e outros municípios maranhenses, onde há bens da União à venda, conforme MP 691/2015.  Confira no vídeo mais essa vitória para o Maranhão.

O senador Roberto Rocha (PSB-MA) se reuniu, nesta quarta-feira (25), com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, para apresentar algumas pautas importantes para o setor no Maranh√£o. Os dois foram colegas no Senado Federal e Roberto Rocha aproveitou para saudar Blairo Maggi por ter assumido a pasta.b7ca14b0-775c-4de6-a1ff-381b52831e89

Entre os assuntos tratados na audiência estiveram o projeto da Embrapa para a criação de alevinos com objetivo de produzir pescada amarela em cativeiro e recursos para uma unidade de beneficiamento de produção em Balsas.

O senador também apresentou ao ministro seu projeto de lei que cria a Zona de Exportação no Maranhão e pode tornar o porto do Itaqui uma referência para o escoamento da produção brasileira destinada à exportação.

O deputado Z√© In√°cio esteve na ter√ßa-feira (24) na tribuna da Assembleia Legislativa para comentar as sucessivas not√≠cias negativas do governo interino do presidente Temer. ‚ÄúNesta √ļltima semana o Governo se envolveu em mais uma gigantesca crise que demonstra os riscos de Temer n√£o resistir no cargo durante muito tempo, j√° que a situa√ß√£o dele, cada vez mais, se complica‚ÄĚ, disse.038d3f5a-45cb-4805-9742-dc1f96a9eef3

Para Z√© In√°cio, o di√°logo publicado pela Folha de S√£o Paulo na segunda-feira (23) entre o ent√£o o ministro do Planejamento, Romero Juc√°, e o empres√°rio S√©rgio Machado, mostra os verdadeiros objetivos do impeachment. ‚ÄúEst√° claro o que todos n√≥s fal√°vamos: o impeachment √© um golpe, primeiro, porque n√£o existiu e n√£o existe crime de responsabilidade; segundo, porque o objetivo do impeachment era barrar a opera√ß√£o Lava Jato‚ÄĚ, afirmou.

O deputado tamb√©m destacou o trabalho feito por pol√≠ticos investigados para driblar as investiga√ß√Ķes contra a corrup√ß√£o. ‚ÄúAquele pacto, aquele Governo de salva√ß√£o nacional que foi anunciado para o pa√≠s, era para salvar os pol√≠ticos corruptos do PSDB e do PMDB, que est√£o respondendo a inqu√©ritos. O caso do Romero Juc√°, por exemplo, √© esclarecedor, j√° que ele responde a dois inqu√©ritos na Lava Jato, e mesmo com a quebra sigilo banc√°rio realizado na √ļltima semana, foi nomeado por Michel Temer‚ÄĚ, enfatizou.

A not√≠cia divulgada pela Folha tamb√©m cita que Juc√° afirma que Cunha era pe√ßa estrat√©gica, sendo importante para o impeachment se consolidar.¬† ‚ÄúO Romero Juc√° afirma que trabalho de Cunha e de Renan Calheiros √© importante para os pol√≠ticos PSDB e do PMDB, ficando evidente que este pacto nacional divulgado por todo o pa√≠s nada mais era do que uma estrat√©gia para afastar as investiga√ß√Ķes da Lava-Jato‚ÄĚ, contou.

Z√© In√°cio finalizou falando sobre a participa√ß√£o popular, que v√™m percebendo as tentativas corruptas deste governo e que t√™m lutado por um governo leg√≠timo, por meio de manifesta√ß√Ķes que s√£o realizadas por todo o pa√≠s. ‚ÄúAs pessoas est√£o percebendo os objetivos de Temer e de sua bancada. At√© mesmo senadores que votaram a favor do impeachment j√° deram declara√ß√Ķes de que voltar√£o atr√°s em suas decis√Ķes‚ÄĚ, concluiu.

O prefeito Josemar Sobreiro visitou, nesta quarta-feira (25), o Aviário localizado no bairro Mojó, na zona rural de Paço do Lumiar. O projeto é uma parceria da administração municipal com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que vai beneficiar mais de 500 famílias de criadores luminenses.

Secretario Rodrigo Costa (Esquerda) ao lado do Prefeito Josemar

Secretario Rodrigo Costa (Esquerda) ao lado do Prefeito Josemar

Josemar destacou que a Comunidade Moj√≥ ser√° pioneira no desenvolvimento das a√ß√Ķes com o apoio da Embrapa. ‚ÄúEstamos saindo na frente, em todo o Maranh√£o, trazendo para esta comunidade um projeto-piloto inovador com o incentivo de uma institui√ß√£o conceituada, como a Embrapa, que vai impulsionar a gera√ß√£o de renda local‚ÄĚ.

O projeto em Pa√ßo do Lumiar √© o primeiro a ser implantado no Maranh√£o. O conv√™nio foi firmado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), que foi buscar junto √† Embrapa o apoio t√©cnico-cient√≠fico para incentivar a produ√ß√£o nas comunidades do munic√≠pio. ‚ÄúVamos dar continuidade nas a√ß√Ķes da gest√£o municipal e, sobretudo oferecer toda estrutura t√©cnica aos pequenos agricultores e produtores do munic√≠pio‚ÄĚ, destacou o secret√°rio de Agricultura, Rodrigo Costa.

Segundo Talmir Quinzeiro, analista da Embrapa, o apoio da prefeitura √© fundamental para o desenvolvimento do projeto. ‚ÄúEssa √© uma iniciativa que n√£o poderia existir sem o incentivo e apoio da administra√ß√£o municipal. √Č uma satisfa√ß√£o em poder contribuir com o desenvolvimento desta a√ß√£o, auxiliando e orientando os criadores que t√™m em suas propriedades, aves nativas, fazendo com que consigam aumentar a produ√ß√£o, n√£o somente para consumo, mas tamb√©m que contribua com a gera√ß√£o de renda e a seguran√ßa alimentar das fam√≠lias‚ÄĚ, explicou.

M√ļsico, que tinha 68 anos, lutava contra um c√Ęncer de pr√≥stata.¬†Ele estava internado em hospital de SP; quadro piorou nos √ļltimos dias.download¬†Morreu na noite dessa quarta-feira (25) aos 68 anos o engenheiro ambiental, cantor e compositor Jos√© de Ribamar Viana, o ‚ÄėPapete‚Äô.

Papete lutava contra um c√Ęncer de pr√≥stata, diagnosticado este ano. O m√ļsico estava internado em um hospital em S√£o Paulo, e o quadro havia piorado nos √ļltimos dias.

O corpo de Papete deve ser transferido para São Luís ainda nesta quinta-feira (26), onde será velado na Casa do Maranhão, região central da capital maranhense. (G1)

Guerra das canetadas: Luciano d√° canetada e destitui Rocha, que retornou ao PSB, via canetada de Carlos Siqueira…

Rochinha-e-o-pai-senador-Roberto-Rocha

Primeira batalha foi vencida, Rocha envergonhou petistas emplumados. “Mas tem revanche”, garantem petistas…

N√£o √© segredo para ningu√©m que Roberto Rocha enfrenta press√Ķes internas dentro de seu partido para d√°-lo ao petista Bira do Pindar√©, essa moldura foi pintada em recente encontro da legenda, onde Bira do Pindar√©, hora no PSB, hora no PT, deseja lan√ßar-se prefeito, mas, o senador Roberto Rocha n√£o aceita. Entenda aqui:

Por isso, Bira e demais petistas ter√£o que anular Rocha.

Senador de origem tucana continua enfrentando movimenta√ß√£o de “petistas emplumados” para tirar-lhe a legenda. A √ļltima dos¬†emplumados foi tentar via canetada do presidente estadual do PSB, Luciano Leitoa, destituir a lideran√ßa do PSB municipal, deixando o senador Roberto Rocha e seu filho, o vereador Roberto J√ļnior, sem cargos na legenda.

Rocha, bem valorizado em Brasilia, subiu até Carlos Siqueira, que é quem realmente decide e dá sua canetada final sobre Luciano, Bira, incluindo, o experiente Zé Reinaldo, acabaram saindo envergonhados desta situação. Situação, aliás, indigesta, e que tudo indica trará mais canetadas.

 

 

Seria essa a ‚ÄúComunica√ß√£o Democr√°tica‚ÄĚ dos comunistas?

Continuarei acreditando na boa vontade do governo em promover mudanças, continuarei acreditando no empenho da imprensa em mostrar os dois lados.

De jornalista para jornalista: uma declara√ß√£o feita pelo secret√°rio de governo, respons√°vel por uma das mais importantes pastas a Comunica√ß√£o Social, reacendendo as discuss√Ķes sobre falta de liberdade, geralmente imposta pelos governantes, que agem como patr√Ķes, levando os √≥rg√£os de imprensa a uma vergonhosa submiss√£o.

Observem o questionamento feito pelo jornalista Roberto Kenard ao jornalista e secretário de Estado da Comunicação Social, Marcio Jerry.

Discuss√£o sobre jornalismo oficial

Discuss√£o sobre jornalismo oficial

Nota do blog: tenho me privado de fazer criticas direcionadas aos secret√°rios do governo, que sei estarem bem intencionados na miss√£o de mudarem o Maranh√£o. Embora o secret√°rio M√°rcio Jerry esteja desenvolvendo um bom trabalho √† frente da comunica√ß√£o, propagando as a√ß√Ķes de governo, n√£o o isenta de ser questionado sobre a forma de como est√° conduzindo essa importante pasta, que ali√°s, a imprensa n√£o poder√° se omitir no sentido de deix√°-lo enveredar nas antigas pr√°ticas de barrar ou impedir a imprensa de mostrar os dois lados, que era, at√© pouco tempo, praticado pela “oligarquia”, uma “maquiagem” s√≥ permitindo mostrar as belezas e esconder as feiuras, meras publicidades enganosas, “marrons” ou¬†“chapas brancas”.

 

A coragem para ouvir e a determina√ß√£o t√≠pica do deputado estadual Wellington do Curso (PP) o fez inaugurar, na tarde desta ter√ßa-feira (24), durante durante deslocamento para participar de uma audi√™ncia que aconteceu em Bacabeira, o “Gabinete M√≥vel”. O objetivo √© levar para junto da comunidade, nos bairros perif√©ricos da cidade, as a√ß√Ķes do deputado Wellington, ouvindo as principais reivindica√ß√Ķes da comunidade.hj

“Ouvir a popula√ß√£o √© o que nos motiva a cobrar e a fiscalizar. Por isso, com o Gabinete M√≥vel queremos percorrer bairros e, assim, os munic√≠pios de nosso Maranh√£o. O que queremos √© ouvir os anseios daqueles que n√£o conseguem ir at√© √† Assembleia Legislativa. Al√©m de ouvir, pretendemos encaminhar as reivindica√ß√Ķes da popula√ß√£o e, assim, cobrar e fiscalizar o cumprimento de direitos.”

Ao ser questionado sobre a in√©dita ideia referente ao Gabinete M√≥vel, Wellington enfatizou a participa√ß√£o popular que, para ele, √© essencial em uma atua√ß√£o pol√≠tica independente. Ressaltou ainda, que ir ao encontro do povo n√£o significa somente pedir votos, mas conhecer e conviver com a realidade di√°ria do povo, al√©m de buscar solu√ß√Ķes para os problemas da coletividade.

“Para mim, a popula√ß√£o deve ter pleno acesso aos pol√≠ticos que escolheram. Sempre pensei assim. Antes mesmo de ser deputado estadual. Logo ap√≥s a elei√ß√£o eu retornei para agradecer a confian√ßa e o mandato a min confiado. Como parlamentar, tenho hoje a certeza do qu√£o importante √© participa√ß√£o da popula√ß√£o em nossas a√ß√Ķes. O nosso gabinete, na Assembleia, est√° sempre de portas abertas, mas eu e minha equipe percebemos que √© preciso fazer mais… √© preciso ouvir quem tamb√©m sequer consegue chegar √† Assembleia. Foi assim que surgiu a ideia do Gabinete M√≥vel: para ouvir tamb√©m aqueles que hoje est√£o distantes do Parlamento. Com isso, estamos aprimorando nossas a√ß√Ķes,¬† dando vida e voz ao nosso mandato popular.”, afirmou.

COMO FUNCIONA O GABINETE M√ďVEL?

O Gabinete M√≥vel consiste em uma van em que o deputado Wellington e sua equipe percorrer√£o bairros da capital e de demais munic√≠pios do Maranh√£o. Nessa van, h√° uma esp√©cie de “sala de atendimento” que ser√° direcionada √† popula√ß√£o, a fim de receber den√ļncias, solicita√ß√Ķes e, posteriormente, transform√°-las em proposi√ß√Ķes na Assembleia Legislativa.

O Gabinete M√≥vel possui uma agenda que ser√° previamente divulgada. Para solicitar a visita, qualquer cidad√£o pode entrar em contato com a Equipe WC atrav√©s do n√ļmero (98) 99911 0011 e justificar a solicita√ß√£o.

 

A pol√≠tica local continua sendo decidida em Bras√≠lia…

Por um lado, o tucanato se reuniu com A√©cio Neves em torno da candidatura de Eliziane Gama, em Bras√≠lia, por outro, o PSB retornou aos bra√ßos do ‚Äúasa de avi√£o‚ÄĚ, Roberto Rocha, depois que recorreu ao l√≠der da legenda, tamb√©m em Bras√≠lia.

08f78765-70c7-46bf-a75d-a351ed8e031bMuitos blogues da cidade resolveram publicar ‚Äúa imagem do dia‚ÄĚ, dando como certa a participa√ß√£o do vice-governador Carlos Brand√£o (PSDB) na composi√ß√£o da chapa de Eliziane Gama (PPS), pr√©-candidata a prefeita da capital do Maranh√£o. De fato, a imagem fala muito.

A ilustração é clara, transmite força para a pré-candidatura e Eliziane Gama, que recorreu a Aécio: Aí estão as provas de que a politica maranhense continua sendo decidida em Brasília, quem ganhou, lógico que foram aqueles que demostraram conveniência com os rumos do Brasil atua, com desenvoltura no afastamento de Dilma. Desta feita, o PSDB mostra força e que não está morto e sepultado.

Daqui a pouco falarei sobre o triste episódio da tentativa de tomar (via golpe?) o PSB de Roberto Rocha.

1 2 3 4 5 13