Monthly Archives: dezembro, 2015

Vergonha, em S√£o Lu√≠s, capital do Maranh√£o, nem banheiros p√ļblicos a prefeitura disponibilizou para os acampantes na praia do Olho D’√Āgua.

O novíssimo mundo já está em 2016. Enquanto isso, no Brasil ainda esperamos 8 horas de diferença para a passagem acontecer.amritsarindiaefe

A imagem abaixo √© da cidade de Auckland, na Nova Zel√Ęndia, l√° muito diferente do Brasil, Maranh√£o, S√£o Lu√≠s, tudo √© bonito.

XXX during New Year's Eve celebrations on January 1, 2016 in Auckland, New Zealand.

January 1, 2016 in Auckland, New Zealand.

Velharias e feiuras:

Observem essas imagens da praia do Olho D‚Äô√°gua, nem banheiros p√ļblicos a Prefeitura de S√£o Lu√≠s, capital do Maranh√£o disponibiliza aos banhistas acampados na orla.

21

Rejei√ß√£o de pol√≠ticos ser√° fundamental para o ano de 2016…

Desafio para Fl√°vio Dino & M√°rcio Jerry, em 2016: Como far√£o campanha sem meter as m√£os nos cofres p√ļblicos? O governador Fl√°vio Dino, ordenou aos comunistas para fazerem 100 prefeitos. Isso vale apenas para as principais cidades (polos). Ser√° que v√£o dar continuidade aos derrames de dinheiro, muitos praticados durante os governos da ‚Äúoligarquia‚ÄĚ?

Créditos da foto: Linhares Jr

Créditos da foto: Linhares Jr

 Não seria novidade falar que o Maranhão inteiro termina o ano de 2015 respirando política, a crise que o PT enfiou nossa economia cuidou muitíssimo bem disso.

Portanto, para quem est√° pensando em reelei√ß√£o, todo cuidado ser√° pouco em 2016. O ano terminou sem novidades pol√≠ticas, a promessa de mudan√ßa n√£o aconteceu, e l√≥gico, foi empurrada para 2016, ano de elei√ß√Ķes. Quem imaginou que o comunista chegou ao poder querendo fazer mudan√ßas, esque√ßa: seu pensamento ser√° de perpetuar-se no poder, igual fez o Sarney, que imitou Vitorino Freire.

Comunistas e o palanque dos rejeitados

Os comunistas ter√£o dificuldades de emplacar seus aliados. Pesa contra eles a dif√≠cil tarefa de retribu√≠rem todo ‚Äúapoio‚ÄĚ $ que receberam nas elei√ß√Ķes de 2014.

Mal saímos de uma eleição, onde o desgaste de Roseana Sarney, aliado ao desejo de mudança dos maranhenses foi fundamental para emplacar qualquer poste que se candidatasse a governador. Eleito, Flávio Dino, passou o ano em cima de um palanque, quando não estava perseguindo, estava emplacando bajulando Dilma (da mesma forma que fez Roseana Sarney), ou beneficiando os seus pretensos candidatos com sementes, tratores, estradas, poços artesianos (igual fazia Roseana).

Sem novidade, será difícil emplacar seus aliados. A pergunta permanece: Como farão os comunistas para emplacar seus candidatos a prefeito, sem usar a ($) máquina?

 Se tiverem sorte, os gestores municipais terão que saber lidar com a crise. Os que tiveram a sorte, poderão ser reeleitos, talvez não seja o caso de Edivaldo Holanda, na capital do Maranhão, que deu inicio a um novo ciclo, que os prefeitos terão apenas uma mandato.

Acompanhe abaixo, a postagem do Diego Emir, sobre a rejei√ß√£o do prefeito Edivaldo Holanda J√ļnior:

Diego Emir

P√°gina no facebook √© movimentada pela estrutura do governo e curtida a todo momento por secret√°rios que deveriam estar trabalhando, est√£o “curtindo”, “cutucando”, “comentando no face”.

Em recente apari√ß√£o, o governador comunista, Fl√°vio Dino, pediu para as pessoas curtissem uma p√°gina no Facebook para alertar contra o “golpe“.

A p√°gina que deve estar sendo impulsionada por ¬†membros do Pal√°cio, usando funcion√°rios e estrutura p√ļblica. A referida p√°gina conta hoje com quase 68 mil participantes, serviu entre outras coisas, para achincalhar o senador tucano A√©cio Neves.

‚ÄúEstamos (usando as estruturas do governo) lan√ßando uma p√°gina no facebook em torno da ins√≠gnia ‚ÄúGOLPE NUNCA MAIS‚ÄĚ numa alus√£o ao projeto Brasil Nunca Mais, para lembrar ao Brasil quando a Constitui√ß√£o n√£o √© respeitada…‚ÄĚ ¬†Esbravejou Fl√°vio Dino, chamando os brasileiros que pedem o impeachment de Dilma de golpistas e fraudadores. Confira aqui:

Golpdino2

Golpdino1

Comunista prop√Ķe di√°logo com tucanos ap√≥s cham√°-los de “golpistas” ¬†

Repercutiu de forma negativa na classe política o artigo do governador maranhense no Jornal Folha de São Paulo. Quanta falta de bom senso: imaginem um homem que começou o ano vermelho e termina amarelo?

Nada mal para quem se declarou comunista, aparecer, agora, transvestido de tucano, mesmo chamando Aécio Neves publicamente de golpista. Querer, agora, defender diálogos com os golpistas é um terrível contrassenso. Pode existir verdade neste homem?

Em seu texto publicado no ‚Äújornal sulista‚ÄĚ Folha de S√£o Paulo, que leva o t√≠tulo: S√≥ o di√°logo salvar√° o Brasil, edi√ß√£o desta quarta-feira, 30, o governador comunistas mostra que amarelou de vez, vai ter que parar (engolir) seu discurso de ‚Äúgolpe nunca mais‚ÄĚ. Agora, Fl√°vio Dino, que antes esbravejava de cima de um palanque, de m√£os dadas com a presidente Dilma, que os tucanos eram golpistas, quer conversa.

Das duas uma: Ou o governador Flavio Dino tem duas palavras, dois pesos e duas medidas. Ou enlouqueceu de vez, e quer, a todo custo se projetar na pol√≠tica nacional, mesmo faltando bom senso, consenso, em √ļltimo caso at√© pudor para obter poder.

Um mentiroso que terminou o ano voltando atr√°s:

Recentemente, em minhas pequeninas an√°lises, disse, em tom prof√©tico, que da mesma forma como fez com alguns aliados, a Dilma lhe vi√°ria as costas. N√£o deu outra, Fl√°vio Dino provou o gosto amargo do pr√≥prio fel. Al√ī Flavinho, aqui se faz… Est√° tudo nas entrelinhas do¬†http://blogdoricardosantos.com.br/¬†

GolpN√£o deu outra, de bola murcha, o feroz e audacioso articulador contra o ‚Äúgolpe‚ÄĚ j√° se prepara para deixar as m√£os de Dilma Rosseff, e tentar empurrar seu vice, que teve que ouvir de forma humilhante que o PSDB √© um partido de golpistas. Imaginem a cena, um governador que foi eleito com ajuda de v√°rios aliados, entre tantos, o PSDB, mas, acabou virando suas costas para esse mesmo PSDB, sendo que agora, se prepara, novamente, para pedir ajuda aos tucanos. Ser√° que a cara n√£o treme?

‚ÄúN√£o vamos aceitar essa tentativa de fraudar a constitui√ß√£o, golpe nunca mais‚ÄĚ.

Olha a cara de pau: o comunista Fl√°vio Dino, que proclamou a ‚Äúrep√ļblica‚ÄĚ do Maranh√£o, chamou os l√≠deres do PSDB de golpistas, recentemente num evento particular nas depend√™ncias do Pal√°cio dos le√Ķes. Confira no v√≠deo abaixo:

Sabe aquele político pilantra que promete mudanças e faz pior?

Abaixo, uma publicação mostrando o chefe da quadrilha, mesmo com toda blindagem, enfim, enquadrado pela PF. Desta vez o inventor e a invenção poderão pagar pelos crimes. Agora sim, que venha 2016, um indício que o Brasil poderá ter um feliz ano novo. Fiquem com O Antagonista:

O Estadão informa que a Polícia Federal anexou aos autos do inquérito que investiga a Odebrecht fotos e planilhas com dados pessoais de Lula.

Sabem o que isso significa?

uploads-1451426003914-foto+lula

Na manh√£ desta ter√ßa-feira ( 29), o deputado Z√© In√°cio ( PT ) participou da san√ß√£o da Lei n¬ļ 285/2015, que destina 20% das vagas dos concursos p√ļblicos estaduais para negros no Maranh√£o. O evento foi promovido pelo Governo do Estado e contou com a presen√ßa do secret√°rio de Igualdade Racial Gerson Pinheiro e entidades representativas de movimentos negros do Estado.

Zé Inácio destaca o marco histórico da implementação da Lei no estado

Zé Inácio destaca o marco histórico da implementação da Lei no estado

Antes de iniciar o recesso na Assembleia Legislativa  os parlamentares aprovaram o projeto de lei que teve o deputado Zé Inácio ( PT ) como relator.

Durante o evento Z√© In√°cio ( PT ) destacou a parceria entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa atrav√©s da Seir para a aprova√ß√£o deste projeto. “Agrade√ßo o reconhecimento do governador Fl√°vio Dino e do Secret√°rio Gerson Pinheiro pelo acolhimento da nossa indica√ß√£o na sua integridade deste projeto”, agradeceu Z√© In√°cio.

O parlamentar destacou ainda que o projeto de Lei √© uma repara√ß√£o hist√≥rica ao povo negro do Maranh√£o, que tanto lutaram para fazer esse Estado. “Este √© num ato hist√≥rico em nosso Estado e mais uma vez o governador Fl√°vio Dino acertou no tema e fez um reparo em nossa sociedade em especial a sociedade negra”.

A lei √©¬† resultado de uma s√©rie de audi√™ncias p√ļblicas realizadas pela Secretaria de Estado de Igualdade Racial (Seir).

O projeto de lei de cotas ap√≥s sancionado pelo governador Fl√°vio Dino valer√° para os concursos p√ļblicos realizados a partir da sua publica√ß√£o no Di√°rio Oficial.

O deputado Z√© In√°cio ( PT ) ainda tem em tramita√ß√£o na Assembleia Legislativa um Projeto de Resolu√ß√£o que a Lei seja aplicada no √Ęmbito daquele parlamento.¬† E uma indica√ß√£o ao Poder Judici√°rio para que tamb√©m¬† fa√ßa a aplicabilidade da Lei.

H√° sete anos a Prefeitura de Santo Ant√īnio dos Lopes distribui cestas b√°sicas a fam√≠lias carentes do munic√≠pio na v√©spera do natal.e22faa52-1e39-4c75-afc2-77082b45b2fb

Na manh√£ do dia 24, o prefeito Eun√©lio Mendon√ßa, acompanhado da primeira-dama de Santo Ant√īnio dos Lopes, a deputada estadual Ana do G√°s, distribuiu milhares de cestas de alimentos compostas por itens como arroz, feij√£o, a√ß√ļcar, caf√©, farinha, √≥leo, massa de milho, macarr√£o e etc.

O beneficio é destinado à população carente do município, que é o alvo da prefeitura neste gesto solidário. A distribuição aconteceu de forma organizada com a presença do prefeito, de sua esposa Ana do Gás e assessores da Prefeitura.

aea77328-c116-440d-9133-7cefa4c312b3De acordo com informa√ß√Ķes da Secretaria Municipal de Assist√™ncia Social, a entrega aconteceu na cidade e em povoados. ‚ÄúA nossa alegria √© ver o sorriso dessa gente simples e de cora√ß√£o grande e proporcionar essa alegria √©¬† um presente para a alma”, disse a parlamentar.

As cestas possuem diversos itens e foram adquiridas com recursos pr√≥prios do munic√≠pio. As fam√≠lias beneficiadas s√£o de baixa renda. “Nossa secretaria acompanha de perto a situa√ß√£o dessas fam√≠lias e sabemos quem de fato necessita”, explicou o prefeito Eun√©lio.

Quem realmente manda…

Os buchichos das ruas, vindos lá da Pedro II, dão conta que a troca de comando na Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luis, poderá acontecer nas primeiras horas de 2016.

Apesar do bom trabalho de Batista Matos, talvez melhore daqui pra frente. Mas o prefeito de fato, tem que entender que, para fazer um bom trabalho precisam abrir as porteiras, as m√£os tamb√©m, a mentalidade de ser dono do cofre j√° passou, ficou no passado…

Bola pra frente…

Tem coisa que n√£o d√° para compreender: como podemos acreditar na ‚Äúmudan√ßa‚ÄĚ prometida por Fl√°vio Dino, se tudo que faz lembra os ‚Äúoligarcas‚ÄĚ?

O super-secret√°rio do governo comunista, M√°rcio Jerry, tem a miss√£o de fazer prefeitos nas principais cidades do estado. De onde Jerry vai tirar tanto dinheiro para cumprir sua miss√£o? MIST√ČRIO!!!!!

Comunistas aprontam na Sa√ļde…M√°rcio-Jerry

M√°rcio Jerry expulsou do governo uma aliada que tratava da pasta da Sa√ļde, que √© uma importante candidata da regi√£o Sul, simplesmente por ter ofuscado a imagem de seu pupilo, o picol√© de chuchu, Clayton Noleto do PCdoB.

Jerry, novamente aprontou: Mandou embora outra mulher da sa√ļde, desta feita, exonerou a m√©dica Thaiza de Aguiar Hortegal, do Servi√ßo Administrativo do Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemomar) do Maranh√£o. Thaiza √© esposa de Luciano Gen√©sio, que briga contra o candidato comunista inventado por Jerry e Othelino.

Lambança comunista

Jerry e Othelino podem, atrav√©s dessa bagun√ßa, entregar a elei√ß√£o para o candidato de Filuca Mendes (PMDB), atual prefeito de Pinheiro, que sabe fazer pol√≠tica com a m√°quina nas m√£os…

Hey, Jerry, qual o esquema: caixa 2?

Como critico da pol√≠tica n√£o poderia fechar minha coluna eletr√īnica, sem tocar num assunto crucial para as elei√ß√Ķes de 2016, ou seja, eleger prefeitos em 2016. Mas, como far√£o pol√≠tica, como pretendem eleger candidatos sem meter a m√£o nos cofres?

Marcio Jerry, que tanto criticou, falou mal dos Sarneys, quem diria, faz pior agora.

Hey, Jerry, qual o esquema: caixa 2?

Uma pergunta para Márcio Jerry: se no Maranhão, Brasil, só se faz política com dinheiro, de onde Márcio Jerry, que recebeu a incumbência do governador, de fazer 100 prefeitos do PCdoB no Maranhão, vai ter dinheiro para isso?

Dilma deu um p√© na bunda do governador…

Olha a√≠, o governador do Rio de Janeiro, Fernando Pez√£o, que dizia que ‚Äúimpeachment de Dilma era golpe‚ÄĚ.

Cen√°rio de destrui√ß√£o em 2016…

As previs√Ķes s√£o p√©ssimas para o novo ano. Governadores e prefeitos de pires n√£os m√£os, em Bras√≠lia. Imaginem que, as principais cidades do Brasil, como S√£o Paulo e Rio de janeiro, que mais arrecadam, est√£o gritando. Imaginem as outras?

Cenário de destruição em 2016

Dinheiro para carnaval tem, para a sa√ļde n√£o?

Quem v√™, o governador do RJ, Fernando pez√£o, declarando que n√£o tem dinheiro para pagar sal√°rios dos funcion√°rios, nem liberar repasses para funcionamento dos hospitais do Rio, pensa que n√£o vai ter o famoso reiveillon de 2015. Por falar em dinheiro…

Observem a reportagem do Estad√£o que trata do assunto:

Governador Luiz Fernando Pez√£o (PMDB) disse n√£o ter recursos para cumprir todas as decis√Ķes judiciais que determinam pagamento imediato de servidores e novos repasses para a Sa√ļde.

‘A Justi√ßa pode mandar um carro forte’ , ironiza Pez√£o

RIO ¬≠ Durante entrega de insumos e materiais hospitalares doados por hospitais federais √† rede estadual, o secret√°rio nacional de Aten√ß√£o √† Sa√ļde, Alberto Beltrame, disse que a regulariza√ß√£o do sistema, que entrou em colapso por falta de recursos, ‚Äún√£o acontece da noite para o dia‚ÄĚ e que haver√° esfor√ßo para a rede federal absorver pacientes que n√£o encontram atendimento nos hospitais do Estado.

Na mesma solenidade, o governador Luiz Fernando Pez√£o (PMDB) disse n√£o ter recursos para cumprir todas as decis√Ķes judiciais que determinam pagamento imediato de servidores e novos repasses para a Sa√ļde. ‚ÄúA Justi√ßa pode mandar um carro¬≠forte com os recursos‚ÄĚ, afirmou o governador. Segundo Pez√£o, o governo do Estado vai recorrer contra as liminares concedidas pela Justi√ßa nos √ļltimos dois dias explorar essa √ļltima postagem de 2016.

Fiquem com a notícia do blog do Ronaldo Rocha, mostrando a crise entre os candidatos em Pinheiro:

ronaldo

O deputado J√ļnior Verde (PRB) tem incentivado o esporte no Maranh√£o, apoiando a realiza√ß√£o de campeonatos e participando ativamente das competi√ß√Ķes. Em Cajari, foi realizada a Ta√ßa Mangueir√£o, organizada pela lideran√ßa local Wallas Martins, e com o apoio do parlamentar e da Secretaria de Esporte do munic√≠pio. O evento contou com a participa√ß√£o de atletas de outros munic√≠pios e movimentou a regi√£o nos √ļltimos meses.28014ca0-3f77-4aa8-a0f8-9070e51ed608

A final do campeonato aconteceu no √ļltimo domingo (27) e foi bastante prestigiada pela popula√ß√£o local. Para J√ļnior Verde, que participou das √ļltimas disputas e contribuiu para a entrega das premia√ß√Ķes aos atletas, ‚Äúo esporte n√£o s√≥ √© sin√īnimo de sa√ļde, mas uma oportunidade de intera√ß√£o social e valoriza√ß√£o da cidadania‚ÄĚ.

Durante todo o ano, Verde ajudou na realiza√ß√£o de eventos esportivos em munic√≠pios como Chapadinha, Senador Alexandre Costa, Turia√ßu, Z√© Doca, Bela Vista e S√£o Francisco do Brej√£o. ‚ÄúS√£o eventos que mobilizam toda a regi√£o, e atraem jovens e adultos em torno da pr√°tica esportiva. Uma das nossas prioridades √© o incentivo ao Esporte, e em 2016 continuaremos a contribuir para que mais cidades maranhenses tenham condi√ß√Ķes de realizar eventos como esse‚ÄĚ, garantiu J√ļnior Verde.

A agenda oficial do Maranh√£o em Bras√≠lia, Dino trocou os holofotes da ‚Äúm√≠dia sulista‚ÄĚ, pela tupiniquim.

Efeito Sarney-Amap√°? Lembram da √ļltima mexida do velhote morubixaba, que atraiu a presidenta Dilma para o Amap√° e deixou o governador maranhense de pires nas m√£os?

Pois √©, desta feita, o Pal√°cio dos Le√Ķes mandou o vice-governador para Bras√≠lia, enquanto Fl√°vio Dino, novamente, requentava a not√≠cia de que ficou no Maranh√£o “entregando policiais √†s ruas”, tamb√©m, algumas viaturas (odonto-m√≥veis que j√° tinham sido entregues h√° dois meses atr√°s) para alguns munic√≠pios. Essa Secretaria de Comunica√ß√£o n√£o existe…

Verdade pura, de √ļltima, Fl√°vio Dino, em cima do muro, deixou sua plataforma no tu√≠ter para repetir sua agenda de antes do natal, que deu certo, movimentou muita gente no Quartel da PM no Calhau. Enquanto Dino saia de cena no √Ęmbito nacional, seu vice-governador, meio que apagado, teve que dar as caras em Bras√≠lia, numa reuni√£o com alguns governadores. A pauta do vice: uma estrat√©gia para “cobrar apoios do governo federal”.

Explicarei melhor: Fl√°vio Dino saiu de cena, viu que esse neg√≥cio de fazer pantomima para Dilma usando as estruturas p√ļblicas do governo n√£o d√° certo, n√£o trouxe resultados positivos, da√≠ jogou Brand√£o, que estava esquecido num ba√ļ empoeirado, calado, tendo que aceitar seu partido ser xingado de ‚Äúgolpista‚ÄĚ o tempo todo por Dino-Jerry.

Dino, que precisou do apoio de A√©cio para se eleger, tenta flertar com o tucanato, caso o ‚Äúgolpe‚ÄĚ de A√©cio (Impeachment de Dilma) se concretize. Alguns dizem que Brand√£o n√£o ter√° sucesso.

Mas n√£o √© por causa do natal que o governador est√° mudo. √Č por falta de not√≠cias positivas. Uma ‚Äúchatice m√≥rbida” tomou conta do ‚Äútuiter oficial‚ÄĚ nos √ļltimos dias, os comunas que adoravam “sacudir”, deixaram-no morto… Talvez, isso esteja acontecendo devido √† forma como foi feita a representa√ß√£o do governo nesse primeiro ano. O povo do Maranh√£o esperava simplicidade, mas, Dino e sua panelinha vermelha preferiram dar continuidade aos passos de Sarney. Dino tem dificuldade de demostrar humildade, nada f√°cil para um comunista que sempre se projetou como um burgu√™s.

Abaixo, dois recortes que mostram a irresponsabilidade do governo comunista. A primeira, uma importante obra que ficou paralisada durante um ano inteiro por Fl√°vio Dino.

Alguém teve que balançar o tuíter oficial:

Quanta irresponsabilidade:

dilms.4

Anula√ß√£o de envio de 42 milh√Ķes para projetos de irriga√ß√£o na Baixada.

jorge

1 2 3 11