Mudança? Mães e filhos estão sendo mortos por negligencia do governo!

6

Várias parturientes mortas, juntamente com seus natimortos, assim anda a saúde no Maranhão de Flávio Dino. Hospitais sucateados, pagamentos atrasados, obras paradas. Para jogar a culpa em quem?

Recentemente estive na cidade de Alcântara, onde foi negligenciado atendimento a uma jovem (na foto, a jovem Naíres, que faleceu no último dia 30).

Parturiente e bebê que morreram em Unidade Mista de Alcântara

Parturiente e bebê que morreram em Unidade Mista de Alcântara

Abaixo, fiquem com a notícia da morte de outra jovem, na postagem retirada do blog do Luis Cardoso.

Funcionária de Santo Antonio dos Lopes tinha problemas de gravidez de risco

Outra parturiente vítima do descaso do poder público no MA

Outra parturiente vítima do descaso do poder público no MA

Aumenta o número de óbitos por parto numa região que não tem a assistência do governo estadual no setor de Saúde

Luzilene Viana, funcionária pública da secretaria de Educação de Santo Antonio dos Lopes, nos últimos meses apresentava sempre ao local de trabalho atestados médicos para tratamento de saúde.

Ela estava enfrentando sérios problemas de gravidez de risco, além de coronários. Na noite do dia 11 deste mês, sentiu dores e começou a perder líquido, mas achou que era crise urinária. Passou a noite e madrugada nesse sofrimento.

A ambulância disponível no momento foi usada para salvar a vida do bebê. O recém nascido foi levado para o hospital de Alto Alegre do Maranhão e sobreviveu. Passou 16 dias na UTI neonatal e encontra-se em casa.

Como a mãe não estava bem e o hospital de Santo Antônio dos Lopes não tem estrutura para esse tipo de atendimento, foi preciso tomar emprestado uma ambulância de Capinzal do Norte  e levá-la para Presidente Dutra.No caminho, Luzilene teve três paradas cardíacas e quando chegou ao local não resistiu e veio a óbito.

O protesto de ontem na cidade de Santo Antônio dos Lopes é um reflexo do que acontece na maioria dos municípios da região, mas é necessário evitar o aproveitamento político para não cair no descrédito.Há três meses fato idêntico aconteceu em Dom Pedro, quando uma jovem veio a óbito após os procedimentos do parto.

Igualmente como aconteceu em capinzal do Norte, outra cidade da região que nunca teve assistência do governo estadual no setor de saúde.

6 respostas para “Mudança? Mães e filhos estão sendo mortos por negligencia do governo!”

  1. Sem falar do esporte, q estão fazendo dos jogos da juventude de turismo.A arrogante da secretária de esporte falava tanto da gestão passada e tao pagando na mesma moeda. Kkkkkkkkkkk palhaçada.